O mercado animal está cada vez mais competitivo, com grandes players disputando por espaço em seus determinados nichos. Diante desse cenário, nasce o Meu Pet Club, uma startup curitibana de Health Pet, focada na saúde animal como benefício para as famílias que consideram seus animais de estimação como parte da família.

Como demonstração do potencial desse mercado, pesquisas mostram que 46,1% dos lares contam com pelo menos um cachorro e 19,3% das casas contam com pelo menos um gato, de acordo com os dados de 2019 da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

+ Leia mais: Famosa pelos galetos, franquia Di Paolo chega a Curitiba

Com essa nova realidade, cria-se a chamada “família interespécie”, um novo grupo familiar composto por pessoas que reconhecem e legitimam seus animais de estimação como membro da família. Dentre os donos de animais, 78% das gerações X e Y (entre 30 e 45 anos) consideram o pet como filhos.

Para suprir a necessidade do cuidado com a saúde dos animais, o Meu Pet Club é uma solução sugerida para que as pessoas possam cuidar de seus pets sem serem surpreendidas financeiramente caso ocorra uma emergência.

O grande diferencial da proposta do Meu Pet Club, é a dinâmica do serviço com base na liberdade de escolha e com reembolso de serviços utilizados. “Proporcionamos liberdade para nossos clientes e seus pets que podem ser atendidos em qualquer lugar do Brasil, tudo isso graças à dinâmica de nosso serviço que é realizado através de reembolso, sem necessidade da clínica ser credenciada”, explica Otto Marques, CEO e Sócio-Diretor da Meu Pet Club.

Tecnologia

Para trazer inovação no mercado de planos para saúde pet, a startup aposta na tecnologia para atender os tutores de pets. Em breve, será possível comprar e administrar os planos de forma online, através do site e aplicativo, de forma facilitada. “Nossos clientes poderão realizar a solicitação de reembolso, o acompanhamento do plano contratado, do vencimento das vacinas, vermífugos e muito mais, tudo na palma da mão”, complementa Otto Marques.

Cumprindo a premissa do propósito da startup, “mudar a vida dos pets e ajudar na vida de quem cuida”, a grande preocupação é com que os valores sejam acessíveis a todos. Os planos começam com mensalidades de R$ 24,90 (Emergencial), com coberturas que abrangem o dia a dia do animal (como consultas com veterinários), e seguem até R$ 319,90 (Top), que cobrem até hotel pet e banho ou tosa.

+ Veja mais: Após denunciar abuso, passageira cria app de transporte exclusivo para mulheres que chega a Curitiba e região

Para aderir os planos, o pet deve ter menos de 8 anos e estar com a carteirinha de vacinação atualizada. Os planos têm duração de 12 meses, com carência mínima de 48 horas. Os limites de uso variam de acordo com o plano escolhido. “A principal ideia sempre foi criar um serviço de excelência, com base na liberdade de escolha do cliente. Nosso objetivo é criar uma solução que cuidasse da saúde dos pets da melhor maneira possível, deixando os pais e mães de pet seguros, sem surpresas desagradáveis em caso de emergência”, explica Adilla Teixeira, gerente de produto da Meu Pet Club.