O escritor, pesquisador e visionário Joel Backer tem algumas frases marcantes. Vão aqui algumas delas:

  • “Uma visão sem ação não passa de um sonho. Ação sem visão é só um passatempo. Mas uma visão com ação pode mudar o mundo”;
  • “Um líder é alguém a quem seguimos a um lugar aonde não iriamos por nós mesmos”;
  • “Aqueles que dizem que algo não pode ser feito deveriam sair do caminho daqueles que estão fazendo”.

Num mundo em permanente mutação pelas novas tecnologias, pela economia globalizada, pela longevidade crescente, pelas novas relações e mercado de trabalho e pelo individualismo já não basta nos adaptarmos definitivamente a uma nova situação. Temos, sim, que entrar num estado de permanente adaptação.

VEJA TAMBÉM: Os quatro tipos de consumidores brasileiros

Entretanto, ele dizia que é bem mais fácil dizer não a qualquer ideia nova. E a culpa disso são os velhos paradigmas, os velhos padrões sedimentados, as âncoras de nossas vidas. O problema é que os velhos paradigmas nos impedem de ver o que está acontecendo e o que está mudando. E a mudança é inevitável, porque duas coisas são inevitáveis: a demografia, com a queda da fecundidade e o aumento da longevidade, e a evolução tecnológica.

Quanto à esta, basta prestar atenção: a maior empresa de transporte do mundo não tem um carro, o maior sistema hoteleiro não tem um quarto, os que estão se tornando os maiores bancos não tem uma agência e o maior comércio do mundo não tem uma loja.

Alguém aí pensa que vamos ficar no mesmo lugar?