Vá ao Google e escreva “sinônimos para previdência”. O resultado será: capacidade de prever o futuro, antevidência, antevisão e prognóstico. Prudência e precaução em relação ao futuro: cuidado, advertência, aviso, cautela, diligência, precaução, prevenção, previsão.

Pois é, previdência não é apenas aposentadoria. É antever o futuro e tomar precauções. Por isso, atualmente se faz previdência para diversas finalidades. Quando um filho nasce, é possível fazer um Plano de Previdência e começar a poupar para a faculdade ou para o primeiro negócio. Indo além, bons Planos de Previdência oferecem um seguro agregado. Se o responsável vier a faltar, ele paga a escola e a faculdade da criança.

Bons Planos de Previdência também oferecem um seguro inteligente, que funciona assim: da contribuição mensal, parte vai para o Plano e o restante paga o seguro. A cada ano, à medida que a poupança vai aumentando, a parcela do seguro diminui e um valor maior da contribuição vai para a previdência. É um Projeto de Vida e se em algum momento o participante ficar inválido ou falecer, o benefício planejado será pago a ele ou a seus beneficiários.

É possível fazer um Plano de Previdência para diversas finalidades, como comprar à vista uma casa própria dentro de alguns anos ou financiar um plano de saúde na velhice. Qualquer poupança de longo prazo, para daqui a uns 7 ou 10 anos, vai se beneficiar dos benefícios fiscais. Porque na previdência não há imposto de renda enquanto o dinheiro está investido. Isso é lei.

O que a lei não exige, mas bons Planos de Previdência oferecem, por exemplo, são Perfis de Investimento mais ou menos arrojados na hora de investir o dinheiro, o que é muito importante dependendo do prazo que se tem para poupar.

Atualmente sou presidente de um fundo de pensão, o Fundo Paraná, que administra o Plano Cooperativo de Previdência Mais Futuro. Esse Plano é o exemplo de que Previdência Privada pode oferecer muito mais do que aposentadoria. E ele está acessível a qualquer pessoa.