Ontem tivemos o eclipse da lua e para marcar este belo momento do “cosmo aqui está o registro feito pelo editor de fotografia Hamilton Brüschz. Sempre que eu olho pra Lua um monte de música começa a tocar na minha “cachola” acústica. “A Lua furando nosso zinco”, de Chão de Estrelas, na voz de Nelson Gonçalves, ou a “Lua, manda tua luz prateada despertar a minha amada”, de Noite Cheia de Estrelas, essa prefiro na voz do Vicente Celestino. Agora, “Lua Branca”, da Chiquinha Gonzaga, tem que ser com Nhô Belarmino. “Oh, lua branca de fulgores e de encanto. Se é verdade que ao amor tu dás abrigo. Vem tirar dos olhos meus o pranto. E vem matar essa paixão que anda comigo”. Como eram maravilhosas as canções. (Eduardo Luiz Klisiewicz)