Após pisar em prego e quase perder perna, mulher precisa de ajuda

Publicidade

Almirante Tamandaré

Após pisar em prego e quase perder perna, mulher precisa de ajuda pra alimentar os filhos

Ana Carolina precisa de ajuda após sofrer acidente em casa.
Escrito por Leonardo Coleto

Já imaginou pisar em um prego e quase perder a perna? A dor deve ser imensa e o sofrimento aumenta com as dificuldades de estar afastado do emprego. A história é da Ana Carolina, mãe de dois filhos, que está precisando de ajuda. Material de construção e cesta básica são alguns dos pedidos da guerreira que já enfrentou um incêndio na vida.

Ana Carolina Ribeiro de Sousa, 27 anos, reside em Almirante Tamandaré, no bairro Nova Morada. Em 2017, depois de um dia inteiro de trabalho, quando retornou para casa encontrou o local em chamas. O motivo ainda não foi descoberto, mas com o auxílio de vizinhos conseguiu doações de madeiras e janelas sem vidro na época.

Mãe do Victor e do Pedro Henrique, Ana descobriu que é portadora da diabetes tipo 2, que decorre de um fenômeno conhecido como resistência à insulina, e os sintomas incluem cansaço e visão turva. Apesar da doença, Ana seguia trabalhando como auxiliar de limpeza e o marido como autônomo. A média mensal na renda da dupla era de R$750. Apesar das dificuldades de morar em uma casa pequena e com dois filhos menores de idade, a vida seguia no rumo.

Prego no calcanhar

Em novembro, um acidente dentro de casa complicou de vez o momento. Ana pisou em um ferro enferrujado e precisou de atendimento. Ficou um mês hospitalizada e quase precisou amputar a perna direita. “Foi uma dor insuportável e atingiu o calcanhar. Acredito que não fizeram uma limpeza adequada no local e inflamou. Quase perdi a perna e segue doendo muito”, comentou Ana.

Com o acidente doméstico, a mãe do Victor e do Pedro Henrique acabou se afastando do trabalho. A única fonte de renda passou a ser do esposo, mas, por atuar de maneira autônoma, o dinheiro que entra depende dos serviços executados como uma espécie de faz tudo. “Preciso de ajuda pela minha família. É uma dor pelo acidente e por não conseguir levantar da cama”, aclamou a auxiliar de limpeza.

Como ajudar a Ana?

Quem puder por ajudar a família da Ana com uma cesta básica e material de construção para a pequena casa em Almirante Tamandaré. O telefone para entrar em contato é o (41) 991381705. A chave pix da Ana é o CPF dela: 101.512.709-61. Ajude!

Sobre o autor

Leonardo Coleto

(41) 9683-9504