Confusão no Terminal - Caçadores de Notícias

Publicidade

Cabral

Confusão no Terminal

O cruzamento da Rua dos Funcionários com a Avenida Paraná, próximo ao Terminal do Cabral, tem sido alvo de reclamações de motoristas e pedestres que passam pelo local diariamente. Por lá a bronca é com a confusão no trânsito que ocorre principalmente nos horários de pico. A situação se agrava porque há grande fluxo de carros, motocicletas, ônibus e pedestres que se espremem entre o movimento das duas mãos da Rua dos Funcionários, a entrada e saída do terminal e o tráfego das marginais da Avenida Paraná.

Quem mora ou trabalha na região afirma que, por causa da confusão, os acidentes ocorrem semanalmente. O taxista Rubens de Paula, que trabalha há 30 anos no ponto de táxi localizado em frente ao terminal, conta que já perdeu as contas de quantos acidentes já testemunhou no local. “Muitas vezes são pequenas colisões, mas há também as batidas mais fortes, como as que aconteceram na segunda-feira, quando choveu. É um trecho crítico, principalmente porque os ônibus circulam em alta velocidade por causa das canaletas”, explica.
Sinalização apagada deixa mais complicado o cruzamento da Rua dos Funcionários com a Avenida Paraná.  Foto: Ciciro BackO motorista ainda conta que a maioria dos acidentes ocorridos no local envolvem ônibus. “Nos horários de pico, são centenas de ônibus. São biarticulados, ligeirinhos, alimentadores e Interbairros que entram e sai do terminal com velocidade em meio aos carros que andam pela Avenida Paraná e a Rua dos Funcionários. É muito veículo junto transitando num espaço pequeno”, diz.

Fernando Frescke Júnior também é taxista e trabalha na região do Cabral há cinco anos. Ele diz que é preciso reforçar a sinalização no cruzamento. “Por sorte, a maioria dos acidentes que ocorrem aqui são pequenos. Se não colocar um redutor de velocidade ou um semáforo, pode ocorrer acidentes mais graves envolvendo carros e até mesmo ônibus. Até os pedestres correm risco por aqui”, ressalta.
Kedima testemunhou acidente. Foto: Gerson KlainaA auxiliar de enfermagem Kedima Oliveira Barbosa testemunhou o acidente ocorrido na manhã da última segunda-feira no local. Na ocasião, um ligeirinho atingiu dois carros ao sair do terminal e cruzar a Rua dos Funcionários.

“Acabei atendo as pessoas que estavam no carro, mas é uma situação complicada, pois passo por aqui todos os dias. Os pedestres também sofrem com essa bagunça. Vêm carros de todos os lados e as faixas de segurança não estão bem pintadas. Mesmo com as travessias elevadas, fica perigoso atravessar”, reclama.
Rubens: “É um trecho crítico”. Foto: Gerson KlainaSetran promete nova sinalização

Procurada pela reportagem, a Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) informou que já existe um projeto de revitalização de toda a sinalização horizontal no entorno do Terminal do Cabral. Segundo a secretaria, a a durabilidade da pintura é prejudicada devido ao tráfego intenso de veículos pesados na região. “O trabalho deverá ser realizado até o final de 2014”, diz nota enviada pela Setran.
Fernando quer novo semáforo. Foto: Gerson KlainaA secretaria ressalta que existem ilhas de travessia próximas ao Hospital São Lucas e faixas elevadas para travessia de pedestres na Rua dos Funcionários e nas vias lentas da Avenida Paraná. Também há um radar no cruzamento da Rua dos Funcionários com a Rua Deputado Joaquim José Pedrosa. Segundo a Setran, não há nenhum projeto previsto para instalação de novos semáforos na região. “Ainda vale ressaltar que é essencial que os motoristas observem e respeitem a sinalização de placas da região para evitar acidentes”, conclui a nota.

Vejam os vídeos

Comente aqui.

– Você já presenciou um acidente nessa região?

– Conhece outro ponto próximo de terminais onde ocorrem muitos acidentes?

Sobre o autor

Avatar

(41) 9683-9504