Adolescentes com câncer ganham festa de debutante de voluntários | Tribuna PR - Paraná Online

Publicidade

Capão da Imbuia

Baile de gala

Quatro adolescentes, portadoras de câncer e um sonho em comum que nunca imaginavam que iam realizar: ter uma superfesta de 15 anos, com todas as “pompas e circunstâncias” que talvez suas famílias nunca pudessem lhe dar. Mas a realização deste sonho vai ser possível graças a voluntários do projeto Conto de Fadas. As debutantes vão ganhar tudo, dos vestidos à comida da festa, que contará até com limousine, robô de LED e dia de princesa em hotel cinco estrelas.

A idealizadora do projeto é Joseane Shanoski, moradora do Capão da Imbuia, que já conseguiu realizar dois casamentos. O primeiro deles foi noticiado pela Tribuna, no ano passado, para uma jovem que sonhava em casar, mas desistiu da festa por causa de circunstâncias da vida. Foi lendo o desabafo da jovem no Facebook que Joseane se inspirou em unir pessoas que pudessem ajuda-la a realizar o sonho da noiva, gratuitamente. Depois disto, a ajuda virou o projeto social Conto de Fadas, que está prestes a realizar o terceiro sonho, que é a festa de debutantes das quatro jovens com câncer.

Joseane não sabe explicar o porquê decidiu escolher quatro meninas com a doença. Diz que foi algo que veio na sua mente e no seu coração, sem explicação. Assim, foi em busca de adolescentes que se encaixassem no seu objetivo e encontrou Clarissa, Bruna, Daiene e Naiara, que já têm a data marcada para debutar: 22 de julho.

Foto: Felipe Rosa
Foto: Felipe Rosa

Voluntários

Além de Joseane, outras duas pessoas trabalham com ela no projeto social: a decoradora Jucilene de Souza, a “Lena”, e a cerimonialista Isabel Cristina. Juntas, elas foram conhecendo e convidando pessoas que quisessem participar do projeto. Desta forma, estão conseguindo dar a festa completa para as quatro meninas: o local do evento, o buffet, decoração com flores, limousine, transporte para as famílias das duas das meninas que moram mais longe, vestido (cada menina escolheu uma cor e terá o vestido e a decoração personalizadas), sapatos, produção de beleza, foto e vídeo, dia de princesa, suíte em hotel cinco estrelas, aula de dança para treinarem a valsa, DJ, entre muitos outros serviços. A festa terá até cabine de fotos e cascata de chocolate.

As organizadoras conseguiram a participação de alunos do Colégio da Polícia Militar (CPM), que vão atuar como “príncipes” na festa, dançando a valsa com as meninas. “Nos dá uma emoção grande, de dever cumprido. E para estas quatro meninas, queremos que elas saiam desta rotina de hospital, do sofrimento do tratamento e que tenham um momento de alegria”, conta Joseane, que depois desta festa, já vai começar a planejar outras duas realizações de sonhos: dois bailes de debutantes, um deles para irmãs gêmeas carentes.

Conto de fadas

Clarissa Helena Lopes Costa
Cor escolhida: pink

Foto: Divulgação
Foto: Colaboração/ Leonardo Pepi

A jovem tem leucemia linfoide aguda, descoberta aos sete anos, em 2008, quando ainda morava com a mãe, no interior de São Paulo. “Eu de cara aceitei a doença, nunca caí em depressão”, diz a jovem, que apesar da falta de força nas pernas, causada pela doença e pelo tratamento, tem força de sobra para lutar contra a leucemia. A radioterapia também lhe afetou o nervo ótico e ela não enxerga muitas coisas. Mesmo assim, orgulha-se de ter escolhido o rosa pink como cor de seu vestido e decoração.

Clarissa diz que quase não acreditou quando soube que ganharia a festa e foi difícil conseguir dormir naquela noite, de tão feliz e ansiosa. Ela já ensaiou com o “príncipe” que dançará com ela na festa e diz que foi uma das coisas mais emocionantes até agora.

Veja o vídeo do ensaio de debutante de Clarrisa

Dayeni Domingos
Cor escolhida: rosa bebê

Foto: André Alexandre
Foto: Colaboração/André Alexandre

A adolescente está internada no Hospital Erasto Gaertner, pois teve mais uma recaída da leucemia. Mas ela está confiante, pois a previsão é de que tenha alta na quarta-feira da semana que vem, em tempo de participar da festa.

Ela está muito ansiosa. Já conheceu o seu “príncipe” e ensaiou a valsa com ele. Diz que não imaginava nunca que ganharia uma festa dos sonhos e está contando nos dedos quantos dias faltam para o momento tão esperado.

Veja o vídeo do ensaio de debutante de Dayneni

Bruna Sabrina Nascimento da Silva
Cor escolhida: azul Tiffany

É desde os quatro anos que Bruna batalha contra a leucemia. Mas ela já se acostumou com a rotina de internações e a manutenção do tratamento, que tem que ser feita mensal ou bimestralmente. Ela já teve três recaídas da doença e talvez precise de um transplante de medula óssea para se curar. Mas quem olha para Bruna não suspeita o que ela tem, pois felizmente a leucemia e o tratamento nunca lhe trouxeram sequelas.

Ela diz que não acreditou quando recebeu a notícia e até hoje continua não acreditando. Mesmo já tendo visto vários dos preparativos, ela só conseguirá acreditar que vai realizar este sonho indo de fato à festa. Assim como as outras debutantes, o momento que ela mais espera é a valsa, pois já treinou a dança com um personal dancer e já conheceu o príncipe que dançará com ela.

Nayara
Cor escolhida: azul royal

Foto: Divulgação
Foto: Colaboração/Domingues Fotografia

Nayara, como as outras meninas, também tem leucemia. A reportagem não conseguiu contato direto com ela. Mas, conforme contam os idealizadores do projeto, a jovem também está ansiosa com o evento e contando os dias para a grande festa.

Veja o ensaio de debutante de Nayara

Sobre o autor

Giselle Ulbrich

(41) 9683-9504