Binário da Mateus Leme deixa trânsito "bombando" | Tribuna PR - Paraná Online

Publicidade

Centro Cívico

Binário “bombando”

Avatar
Escrito por Lucas Sarzi

Quem passou pelo binário das ruas Mateus Leme e Nilo Peçanha no final da tarde desta terça-feira (28) e no começo da manhã desta quarta-feira (29) pode ter enfrentado congestionamento. A explicação da superintendência de trânsito da prefeitura de Curitiba é a de que as adaptações ainda estão sendo feitas, conforme a necessidade, por isso vão levar uns dias para que tudo esteja dentro dos conformes.

Nestor ficou assustado com as mudanças. Foto: Daniel Caron.
Nestor ficou assustado com as mudanças. Foto: Daniel Caron.

A mudança nos sentidos das ruas foi aprovada por muitos motoristas, que se mostraram satisfeitos e esperançosos com a possibilidade de melhora no fluxo dos veículos. O que irritou muita gente é que, nos horários de pico, ruas do entorno, como a Rua Carlos Pioli e até mesmo a Avenida Desembargador Hugo Simas, foram afetadas.

“Passei pelo cruzamento da Carlos Pioli com a Hugo Simas no fim da tarde e me assustei. Fiquei alguns minutos parado num congestionamento que parecia não ter fim. Não entendi o que estava acontecendo, porque quando cheguei ao cruzamento da Mateus Leme, estava tudo tranquilo”, comentou Nestor José Tech, comerciante que mora próximo ao binário.

A reclamação de Nestor era parecida com a de muita gente que passou pela região no horário de maior movimento. Teve também quem questionou o fato de que o maior fluxo de veículos agora estaria na Nilo Peçanha, “que não passou por nenhuma melhoria e logo se tornará uma grande pedra no sapato dos que por ali passam”, defendeu João Cezar, leitor da Tribuna do Paraná.

Leia mais: Binário da Rua Mateus Leme melhorou o trânsito?

Samuel acredita que trânsito ficará melhor. Foto: Daniel Caron.
Samuel acredita que trânsito ficará melhor. Foto: Daniel Caron.

Embora a reclamação pelo grande movimento no horário de pico, os motoristas elogiaram a mudança e continuam esperançosos de que tenha sido para melhorar o trânsito. “Está meio transtornado agora no começo, por isso os congestionamentos, mas acho que vai melhorar”, comentou Samuel Bolicha, que passou pela primeira vez.

Foto: Daniel Caron.
Foto: Daniel Caron.

Vai melhorar

A superintendente de trânsito, que permaneceu nesta terça-feira durante todo o dia avaliando tecnicamente como ficou o binário, reforçou a explicação de que aos poucos as adaptações vão ser feitas. “Já imaginávamos que teriam congestionamentos nas vias transversais, principalmente nos horários de pico. Por isso agora vamos avaliar pontos que precisam ter mudanças, ajustes, nos sinaleiros para que o trânsito flua melhor”, disse Rosângela Battistella. Ouça:

Essas adaptações vão ser feitas ao longo da semana, mas Rosângela também explicou que vão alguns dias para que todos estejam conhecendo totalmente o binário. “As pessoas também ainda estão se adaptando e até mesmo os aplicativos de GPS também ainda não foram atualizados. A partir do momento que tudo esteja alinhado, as vias vão ficar menos congestionadas”. Ouça:

Leia mais: Já rolou acidente no novo binário de Curitiba

A superintendente de trânsito acredita que, pelo menos, por mais duas semanas, as pessoas já estejam entendendo de fato toda essa mudança. “O que nós queremos frisar, é que estamos de olho e os agentes de trânsito têm feito papel fundamental para nos municiar com informações de deficiências que notem, para que possamos fazer os ajustes”. Ouça:

Sobre o autor

Avatar

Lucas Sarzi

Jornalista formado pelo UniBrasil e que, além de contar boas histórias, não tem preconceito: se atreve a escrever sobre praticamente todos os assuntos.

(41) 9683-9504