Publicidade

Curitiba

Aplicativo criado em Curitiba ajuda a aliviar o bolso

Escrito por Lucas Sarzi

Empresários criam aplicativo que dá desconto e promoções em alimentação, vestuário, acessórios, pet shop, barbearia e muito mais

Desconto é bom e todo mundo gosta, não é? Foi a partir de uma percepção de que havia espaço para isso em Curitiba que Marco Alves, especialista em tecnologia da informação, criou o Ticow, aplicativo que serve como ferramenta de apoio com descontos e promoções para alimentação, vestuário, acessórios, barbearia, pet shop e muitas outras coisas. Ainda em fase de testes, o app vai passar a ter ainda mais benefícios ao longo das melhorias e o mais legal: tudo de graça.

+Caçadores! Cuteleiro de Curitiba faz sucesso internacional com vídeos na internet!

Marco, que já tem uma empresa desde 2008 e é responsável pelo gerenciamento de exportação de soja no mercado internacional, contou à Tribuna que teve a ideia do app durante um dia de trabalho comum. “Foi quase como um ‘eureka’. Tenho outra empresa, voltada para a área de business, e percebi que um aplicativo com uma diversidade de produtos e serviços poderia fazer com que as pessoas gostassem. Isso faria com que as pessoas não procurassem em outros lugares e sim num só lugar. Como sou de TI, sempre busco trazer valor às pessoas, então comecei a procurar uma forma de botar isso em prática”.

Em busca de parceiros

Analisando não só o mercado, mas também a forma sobre como as pessoas têm agido atualmente, o empresário percebeu que tinha que ser um aplicativo gratuito. “Hoje em dia ninguém investe muito dinheiro em alguma coisa. Mas também não adiantava só ter uma ideia boa, fui conversar com alguns comerciantes que eram meus amigos pessoais, que me deram feedback que somou valor à minha ideia”.

+Caçadores! Quíntuplos nascem cheios de saúde na Grande Curitiba!

A partir da ajuda de quem mais se interessaria por colocar seus produtos com desconto, o empresário conseguiu entender melhor como poderia ser o aplicativo. “O profissional de TI acha que sabe tudo que as pessoas precisam, mas a gente só sabe se realmente parar para ouvir as pessoas. Apesar disso, quando apresentamos a ideia, percebemos que poderia fazer sentido”.

Da ideia, em fevereiro, até o lançamento, no começo de setembro, foram pouco mais de seis meses. Nesse tempo, além da produção do aplicativo em si, Marco foi em busca das primeiras empresas que fariam parte dessa nova forma de cativar clientes. “Inicialmente não tínhamos ninguém, eu mesmo fui atrás e captei possíveis parceiros que pudessem apresentar qualidade, pois não queremos que tenha reclamação dos usuários. Independente do público, a nossa ideia é que o parceiro atenda bem e com qualidade”.

Nessas visitas aos possíveis parceiros, o empresário não só ouviu muitos ‘nãos’, como também foi tendo a percepção sobre o que poderia melhorar o app. “Percebemos que as pessoas, os usuários, querem o app. Conquistamos, por exemplo, uma das principais hamburguerias de Curitiba que é ‘O Barba’”, comentou Marco, exemplificando que, no caso da hamburgueria, o desconto é grande: um lanche que custaria R$ 20 pelo app custa R$ 12.

+Caçadores! Por que é tão difícil arrumar emprego depois dos 50 anos?

Presente no mercado de Curitiba há quase 10 anos, a hamburgueria O Barba apostou no aplicativo Ticow para melhorar ainda mais o seu fluxo de clientes. “Acredito que o aplicativo é uma ótima ferramenta de vendas, porque ajuda muito a pesquisar para onde ir e o preço que o estabelecimento trabalha. Economiza tempo e ajuda a conhecer restaurantes que você não conheceria sem usá-lo. E, claro, fora a possibilidade de colocar os nossos descontos para atrair os clientes”, destacou Rafael Vetter, administrador da hamburgueria, que foi eleito o melhor hambúrguer da cidade por dois anos consecutivos pela crítica gastronômica.

Foto: Marcelo Andrade/Divulgação

E se, por um lado, muitos adeptos da tecnologia se fecham em seus mundos virtuais, por outro há quem acredite nela para estreitar relações e fazer novas conexões, cada vez mais físicas e verdadeiras. Este é o pensamento de Paulo Roberto Trevisani, chefe de cozinha e sócio proprietário da Trevisani Emporium, que também se tornou parceira. “Nós gostamos muito das relações humanas e acredito que o app faz com que possamos nos aproximar mais dos nossos clientes, chamá-los até nossa empresa e criarmos vínculos cada vez mais fortes através dos nossos produtos. A Ticow veio fazer esse papel da tecnologia, de nos unir aos nossos clientes”, analisou Paulo Roberto Trevisani, sócio proprietário da Trevisani Emporium.

+Caçadores!Gêmeas idênticas dão à luz no mesmo dia! Não foi planejado!

Fidelidade gratuita

Segundo o empresário Marco Alves, a ideia é fazer com que o aplicativo seja sempre gratuito para os clientes que buscam o serviço. “Hoje eu trabalho para ter produtos e serviços de A a Z. Não só alimentação, mas coisas para o dia a dia, descontos de modo geral. Queremos fazer parte do dia a dia das pessoas, por isso para os usuários é gratuito e sempre será. Não temos planos de cobrar para o uso, não queremos monetizar o app dessa forma”.

O app foi lançado primeiro para Android e, depois que conseguiu a liberação para iOS, começou a ser ainda mais difundido. “Aqui no prédio onde fica a empresa, sabemos que tem gente usando e nem sabe que o app foi feito aqui, bem ao lado delas. Já ouvimos falando no elevador e foi incrível perceber que as pessoas estão, sim, interessadas no serviço”, disse Marco.

Por estar no começo, o empresário, que trabalha junto com seu sócio nesse novo negócio, não está olhando para os números de downloads, mas sim para as instalações ativas. “Aos poucos, o serviço começa a ser expandido para os outros bairros de Curitiba e nós queremos também trazer outras funcionalidades que vão além dos descontos. Digo que os descontos foram uma forma que encontramos de entrar no mercado, mas queremos reunir entrega, pedidos, fidelização, tudo dentro de um único app, fazendo vários tipos de serviços”. Mais informações pelo site.

Sobre o autor

Lucas Sarzi

Jornalista formado pelo UniBrasil e que, além de contar boas histórias, não tem preconceito: se atreve a escrever sobre praticamente todos os assuntos.

(41) 9683-9504