Diarista de Curitiba inova no plano de negócio e bomba nas redes sociais

Publicidade

Curitiba

Diarista de Curitiba inova no plano de negócio e bomba nas redes sociais

Alex Silveira
Escrito por Alex Silveira

A diarista Lauana Campos, 28 anos, ama o que faz e trabalha diariamente, em Curitiba e região, para que seus clientes também amem o que ela faz. Palavras dela. E não parece ser uma missão difícil gerar esse amor, já que as fotos do antes e depois da limpeza pesada, nas redes sociais, mostram que a Lauana não é de brincadeira. As postagens chamam a atenção não só pelas imagens das limpezas que parecem impossíveis, mas pela forma de “vender o serviço”, parecido com o que se faz nos Estados Unidos. A Tribuna descobriu que o “sucesso” não é por acaso. Há cinco anos, a Lauana resolveu inovar na forma de trabalhar como diarista. A criatividade dela e a coragem de mudar vêm dando resultado.

“Nunca morei nos Estados Unidos, é até um desejo ir pra lá. Quem sabe um dia. Mas eu sou uma pessoa que batalha. Eu sigo a diarista Verlene Moura no Youtube. Veja vários vídeos dela trabalhando nos Estados Unidos e dando dicas. Procuro aprender e me inspirar. Já faz uns cinco anos que é assim”, conta a Lauana Campos, que não nega a história de vida difícil. “Sempre trabalhei desde novinha. Catei latinha, vendi casquinha na beira da praia, trabalhei em supermercado e até Uber eu tentei. Mas onde me dou bem é como diarista”, explica.

+Viu essa? Salão Marly completa 50 anos em Curitiba; conheça o segredo do sucesso contado pela “empoderada” Marly

Na linguagem popular, Lauana apavora nas redes sociais. As fotos que ela posta para mostrar seu trabalho deixam qualquer um que tenha toque com limpeza de cabelo em pé. Uma foto de um fogão, por exemplo, postada recentemente, gerou comentários do tipo: “Misericórdia, que nojeira esse fogão”, “Te digo que ela limpou”. “Eu posto sobre meu serviço porque a profissão não é fácil. Tem muita gente que gosta do trabalho, mas diarista ainda é tratada como se não fosse nada no Brasil. Então, ninguém fica lembrando de te indicar. A gente tem que correr com nossas próprias pernas”, conta a guerreira. Dá só uma olhada:

As fotos que ela posta para mostrar seu trabalho deixam qualquer um que tenha toque com limpeza de cabelo em pé. Foto: Arquivo Pessoal.

A família de Lauana é de Matinhos, Litoral do Paraná. A mãe ainda mora lá. Mas ela veio tentar a vida em Curitiba. “Eu trabalho onde me chamarem. Litoral, Curitiba ou região metropolitana. Eu gosto é de viajar, estar na rua indo de um trabalho no outro. Minha vida tem história. Eu me sinto uma senhora de 60 anos por tudo que já passei, mas tenho 28 e sou cheia de energia”, brinca.

+ CAÇADORES: Estudantes de Curitiba aprimoram luva tradutora de libras e usam app para transformar gestos em som

A vida de diarista começou a mudar quando o plano de negócios se modificou. A diária que girava em torno de R$ 100, às vezes até R$ 50 por não se valorizar, aumentou quando o preço foi sendo feito por serviço. “Também pela qualidade. Eu sou muito boa no que faço. Hoje, a diferença é que sei me valorizar, não tenho medo de colocar o preço. O cliente sai satisfeito”, explica. O planejamento de trabalho inclui só ir embora quando o serviço acaba, não cobrar a mais por uma ajudante que quase sempre está com ela e ter sempre os materiais de limpeza dentro do carro. “Só não tenho escada, o resto eu tenho tudo. O cliente não precisa se preocupar se ele não tiver alguma coisa”, destaca a Lauana.

VIU ESSA? Sapataria tradicional de Curitiba tem segredo de 34 anos de sucesso revelado: simpatia, humildade e talento

O sonho agora, além de poder se organizar na vida pessoal, é abrir uma empresa de limpeza no futuro. “Está um pouco distante, mas seria uma realização para mim”. Por outro lado, mesmo a empresa ainda não estando no papel, ela já atua como uma empresária de si mesma. Lauana teve o tino comercial de pagar por um ensaio fotográfico de diarista. “Paguei um profissional para tirar essas fotos específicas. Isso ajuda a divulgar. Mas tudo o que você encontrar de fotos do meu trabalho, por aí, sou eu que tiro”, revela.

“O cliente não precisa se preocupar se ele não tiver alguma coisa”, destaca a Lauana. Foto: Arquivo Pessoal.

Bom, estava faltando contar se o marketing que ela faz funciona. Parece que sim, pois os serviços diários acabam somando uma renda mensal que varia entre R$ 4 mil e R$ 8 mil. “Depende do mês, dos serviços, dos locais e dos clientes”, conta a Lauana. Os clientes dela, como diferencial, não são fixos. “Se fossem, seria como um trabalho normal de diarista. E não é. Eu tenho que variar para fazer girar o caixa. É o que pude aprender com os vídeos que assisto”, finaliza.

Veja a postagem feita por Lauana nas redes sociais

Vim me recomendar como Diarista/Faxineira

Eu, Lauana administro a página e atendo particular todos os clientes.

Tenho uma ajudante e não cobro pela auxiliar nem pelos materiais que utilizo que gosto das minhas coisas pra trabalhar.

Pois tem locais que não tem nada então sou preparada com as minhas.

Os valores são referente a mão de obra.

Uma mão de obra bem qualificada e serviços de 1 ano / 5 / 10 anos faço tudo em um dia mesmo combinamos o valor e só saio quando terminar.

Pra vc que está com o imóvel vazio tenho tudo de materiais somente escada que não.

Sobre horário: chego e fico até terminar o combinado.

Sobre valor: Varia conforme tamanho do local e serviços.

Pois como dou garantia do trabalho, ele é super diferenciado com detalhes, gosto quando o cliente ve a diferença na limpeza.

Devido as msgs respondo assim que possível…

Atendo qualquer região de Curitiba, toda região metropolitana e litoral.

Tenho veículo próprio e também trabalho com encaixes na agenda a qualquer hora.

Pode entrar em contato que sempre dou um jeitinho de atender e quase impossível sobre minha parte ter cancelamentos.

Se eu agendar, falar que vou então eu vou.

Faço avaliação, orçamentos no local também com taxa entre 10$ a 20$ devido ao deslocamento.

Quando estou próximo do local nem cobro.

Trabalho com todos tipos de serviços a combinar.

Desde o interno ao externo.

Contato / 41 9771 6730

Sobre o autor

Alex Silveira

Alex Silveira

(41) 9683-9504