Desaparecido em Curitiba: família procura homem que fugiu de UPA

Publicidade

Curitiba

Família procura homem que desapareceu de UPA em Curitiba após surto psicótico

Tribuna do Paraná
Escrito por Tribuna do Paraná

*** ATUALIZAÇÃO: Nesta terça (03/03/20) o corpo de Rodrigo foi encontrado no bairro do Ganchinho, próximo à divisa com São José dos Pinhais. A informação foi confirmada pela irmã da vítima

xxxxxxxxx

Mesmo recebendo muitas ligações, as informações que chegam até a família de Rodrigo Bairo Ferreira, 35 anos, desaparecido desde a madrugada do último sábado (29), ainda são desencontradas, o que só aumenta a angústia e o desespero de seus parentes. De acordo com a irmã Gisele Bairo Ferreira, 30 anos, a família não parou desde que soube da ‘fuga’ do irmão, que aconteceu após ser ele internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Fazendinha, depois de um surto psicótico.

+ Leia mais: Caça-aranhas – eles deixam o medo de lado pra salvar vítimas da aranha-marrom

De acordo com a irmã, Rodrigo sofre de depressão e toma remédios controlados, mas apesar de tudo, é uma pessoa calma. “Ele é tranquilo, mas às vezes, ele acaba ficando alterado. Quando acontece isso, a gente chama a polícia ou a Guarda Municipal, que conseguem controlar a situação e levá-lo para uma UPA”, relata a irmã. Ainda segundo Gisele, o homem pode estar amedrontado e escondido. “Já recebemos muitas ligações e nunca conseguimos encontrá–lo. Acreditamos que ele deve estar se escondendo, com medo de ver uma viatura, já que são eles que geralmente vem prestar o atendimento em nossa casa”, afirma.

Além da irmã, Francisco Paixão Ferreira, o pai de Rodrigo também não vê a hora de reencontrar o filho. “Ele está desesperado e chorando muito. Estamos na luta contra o tempo, com esse frio e chuva, ele está sem roupa, só de fralda, deve estar com fome. Já ligamos para todos os lugares, não sabemos mais o que fazer”, lamenta Gisele.

Rodrigo está desaparecido desde a madrugada de sábado (29). Foto: Arquivo Pessoal.

Vídeo no WhatsApp

Um homem chegou a encontrar Rodrigo na região da Cidade Industrial de Curitiba (CIC) e até compartilhou pelo Whatsapp um vídeo no qual pergunta se alguém o conhecia. O vídeo chegou até a família de Rodrigo, mas Gisele não teve sucesso ao tentar contato com o autor da postagem.

Rodrigo deu entrada por volta das 9h da última sexta-feira (28) na UPA Fazendinha, mas no início da madrugada de sábado ele acabou fugindo sem que os funcionários da unidade de saúde percebessem.

+ Leia ainda: Curitibana transforma casais e até Ivete Sangalo em bonecos de bolo

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Rodrigo Bairo Ferreira pode entrar em contato com a família pelo telefone: (41) 98849–9080 (Gisele) ou pelo WhatsApp (41) 98517-5810 (Fernando – tio).

*Colaborou Rodrigo Cunha.

Sobre o autor

Tribuna do Paraná

Tribuna do Paraná

(41) 9683-9504