Meninos que vendiam coxinha em Curitiba vão para peneira de futebol em São Paulo

Publicidade

Curitiba

Meninos que vendiam coxinha em Curitiba para peneira de futebol vão atrás do sonho em São Paulo

Alex Silveira
Escrito por Alex Silveira

Lembra dos amigos Wendel Cícero Lopes e Pedro Henrique da Silva, os dois com 15 anos, que resolveram vender coxinhas para realizar uma peneira de futebol no Interior de São Paulo? A Tribuna contou a história deles no dia 21 de janeiro. A ideia era juntar R$ 2 mil para pagar a hospedagem de cinco dias no alojamento do Brasilis Futebol Clube, time de Águas de Lindóia, e participar dos testes da categoria infantil do clube. Os dois jovens conseguiram a grana e pegaram o ônibus em Curitiba na madrugada de sábado (20), às 00h30, e chegaram à capital paulista por volta das 6h30. De lá, da casa de um tio, eles partem para Lindóia no domingo (21) e ficam até sexta-feira (26) treinando.

LEIA TAMBÉM Cerâmica no meio de Curitiba tem história de amor que gerou negócio em família

A expectativa de Wendel e Pedro é a melhor possível para a seletiva. A gente conseguiu o dinheiro e demos o nosso melhor na preparação até aqui. Agora, é jogar na mão de Deus e jogar como nunca”. 

Como contou a Tribuna em janeiro, Wendel e Pedro se conhecem desde pequenos e se consideram como se fossem da mesma família. Assim como a amizade, o futebol surgiu na vida dos dois por acaso. “A gente joga bola juntos desde os cinco anos, começamos como uma brincadeira de criança mesmo. Aos poucos fomos percebendo que era aquilo que a gente amava e a coisa foi ficando séria”, contou Wendel.

Os jovens também disseram que não sabem se vão continuar com a venda das coxinhas na volta pra casa. “Se o teste der certo, pretendemos ficar por aqui”, revelou.

Quem ajudava os jovens a fazer as coxinhas era a mãe de Pedro. “Pai e mãe sempre dão um jeito, nem que parcelássemos, eles iriam de qualquer jeito. Mas não é a primeira vez que eles se esforçam assim. No mundo de hoje, que os jovens não se preocupam muito em ajudar suas famílias, eles fazem o contrário, dão valor ao dinheiro, ao esforço”, disse Márcia Regina da Silva em janeiro. 

Peneira

O Brasilis Futebol Clube promove testes para jogadores de qualquer lugar do Brasil, disponibilizando o alojamento do clube. Segundo o site da equipe, os testes não são cobrados, são de graça, mas os jovens pagam por um pacote com hospedagem e comida. As peneiras são realizadas de segunda-feira à sexta-feira, em dois períodos.

Ainda segundo o site, A história do Brasilis Futebol Clube começou sete anos antes de sua fundação oficial, em 1º de janeiro de 2007. O ex-zagueiro do São Paulo e da Seleção Brasileira, Oscar Bernardi, criou um Clube na cidade de Águas de Lindóia com o intuito de revelar jovens atletas para grandes clubes do futebol brasileiro. Mais informações sobre as peneiras podem ser obtidas no endereço brasilisfc.com.br.

Sobre o autor

Alex Silveira

Alex Silveira

(41) 9683-9504