Sebo Estação 80, em Curitiba, tem relíquias e brinquedos dos anos 80

Publicidade

Curitiba

Sebo Estação 80, em Curitiba, tem tudo dos anos 80: Brinquedos, relíquias e objetos clássicos

Alex Silveira
Escrito por Alex Silveira

O Sebo Estação 80 tem de tudo. Brinquedos lacrados da época, jogos e muitas relíquias dos anos 1980, período que é tema do espaço. Só que uma boa garimpada revela que há objetos até mais velhos do que os daquele ano. O dono do negócio, Rubens Pereira de Souza Júnior (Rubão), 43 anos, diz que vive a realização de um sonho. Chega a ser algo como “meu sebo, minha vida”, explica. O lugar fica no São Braz, em Curitiba, e carrega uma história de superação desde muito antes da inauguração, há quase sete anos. De infância, juventude e até vida adulta humilde, Rubão foi cumprindo metas: ter o próprio negócio, ganhar o suficiente para o sustento da família e conseguir que a esposa não precisasse mais trabalhar como diarista.

Quem vê os objetos à venda na calçada da Avenida Três Marias, quase esquina com a Avenida Vereador Toaldo Túlio, e resolve entrar no Sebo Estação 80 não se arrepende. Rubão diz que alguns clientes chegam a chorar, ao darem de cara com um brinquedo que estava perdido na memória. “Um homem viu a miniatura de um ônibus da Viação Cometa e se emocionou. Ele contou que o pai, motorista da empresa na linha Curitiba/São Paulo, havia dado um desses de presente na infância, mas o ônibus se perdeu numa mudança”, contou Rubão. “Ele comprou e disse que a miniatura seria a única coisa a ir junto no caixão”, brincou o dono do sebo.

+Leia mais! Ex-alunos fazem vaquinha pra reformar fusca que compraram e deram de volta a professor

A emoção dos clientes acaba se misturando com os sentimentos do próprio dono da loja. Ali, Rubão se sente em casa e conhece cada um dos objetos que vende. Desde criança, ele explica que sempre foi diferente. “Gostava de brincar na rua, mas, com meu avô, eu parava tudo para conversar com ele e ouvir as histórias”, contou. Rubão disse que também anotava o nome do desenho que ele via, quais eram os personagens principais, canal, horário e ano que o episódio passava. Tudo para o momento não sumir na memória. “Tinha medo daquilo se perder. Era meio coisa de Nerd, mas sempre gostei do algo a mais”, revelou. O termo Nerd é uma gíria, usada para descrever quem é muito estudioso e que dedica a algum hobby mais intelectual. A palavra foi popularizada no Brasil com o filme “A Vingança dos Nerds” (Revenge of the Nerds [1984]), em que um grupo de Nerds decide peitar o pessoal mais popular da faculdade.

Na infância, o dono do sebo colecionava até embalagem de bala e chicletes. Das músicas que ouvia, ele queria saber quem cantava e como era a “cara” do cantor e dos integrantes da banda. “Não dava para esperar essas coisas serem transmitidas na TV. Tinha que ir atrás”, diz Rubão. Quando o DVD surgiu, ele foi ao delírio. “Tenho mais de 10 mil títulos de DVD. Assisto direto à minha coleção. O último que vi, há pouco tempo, foi o filme ‘Curtindo a Vida Adoidado’ [Ferris Bueller’s Day Off (1986)]”, brinca.

+Viu essa? Mulher que perdeu fotos da filha que morreu faz apelo emocionado em cartas espalhadas por Curitiba

A ideia de montar um sebo no estilo 80 veio quase que de uma meditação. há cerca de oito anos, sentado no sofá de casa, Rubão olhou para uma cristaleira e fixou o pensamento em alguns brinquedos antigos que estavam lá. “Quando vi, estava de volta nos anos 80. Um sebo de brinquedos antigos! Era isso, esse seria o meu diferencial, dentre tantos sebos que existem por aí”, refletiu. E estava decidido. Afinal, o pai de Rubão sempre dizia: “escolha por profissão aquilo que você ama fazer e nunca mais você vai trabalhar”. “Tentei criação de aves ornamentais, de cães de raça e até sorveteria. Tudo sempre ficou no campo da mediocridade”, contou o empresário. O último trabalho, antes da loja, foi de encanador. “Ganhava R$ 50 por dia”.

Então, durante um dos trabalhos como encanador, em horário de almoço, no São Brás, o Rubão viu uma bicicleta antiga em frente a uma distribuidora de bebidas, na Avenida Três Marias. “Achei que estava para vender. Mas o dono tinha uma decoração inteira de coisas antigas, com nada para vender. Perguntei sobre a bicicleta. Ele disse que não encontrava peças de reposição. Eu tinha as peças, porque a essa altura eu já garimpava todos os pontos de reciclagem que eu podia, para encontrar material para minha futura loja. Vendi pra ele”, contou. Dessa venda, surgiu uma amizade entre os dois que acabou originando a possibilidade do Rubão alugar o ponto comercial do Sebo Estação 80.

“No começo, ele permitiu que eu vendesse minhas peças e brinquedos antigos em frente à distribuidora, aos sábados. Muita gente que vinha ali comprava. Até que ele soube da disponibilidade do ponto ao lado e me avisou. Eu meti as caras. Não foi fácil realizar o sonho de ter essa loja, mas valeu cada lágrima e suor da minha vida”, reflete ele.

+Viu essa? Jovem artesã conquista redes sociais vendendo bordados em folhas de árvores

Entre os brinquedos e jogos de destaque na loja estão carrinhos Matchbox, action figures (bonecos de colecionador), Jogo do Gugu, Comandos em Ação, Galinha Maggi, Transformers, Predator, bichos de pelúcia anos 80, como o Gonzo, engradados de mini coca-cola, pipoqueira de brinquedo Pip Pop, Tartaruga Ninja e até minimáquina de costura. Além dos brinquedos, também há outros objetos, até de outros anos. “Mas, o forte são os brinquedos e os action figures”, aponta o empresário.

O Sebo Estação 80 está aberto há seis anos, “quase sete”. Após várias tentativas de seguir o conselho do pai, finalmente o empresário saiu da “mediocridade” para poder cumprir uma promessa à esposa Vera de Souza, 45 anos. “Nunca mais ela precisou trabalhar como diarista”, comemora. A Vera, aliás, trabalha com ele na loja, assim como o filho de 23 anos. Já a filha, de 23 anos, é pedagoga. Além dos clientes, os parentes também frequentam a loja semanalmente, o que é motivo de orgulho. “Só um irmão que não vem, porque mora nos Estados Unidos. Senão, estaria aqui, com certeza. A diversão é garantida”, finaliza o Rubão.

O Sebo Estação 80 abre de segunda-feira a sábado, das 10h às 18h. O comércio dos produtos também pode ser feito pela internet. A página do Facebook leva o mesmo nome da loja.  

+Leia mais! Cerâmica no meio de Curitiba tem história de amor que gerou negócio em família

Foto: Lineu Filho/Tribuna do Paraná.

Sobre o autor

Alex Silveira

Alex Silveira

(41) 9683-9504