Praça insegura - Caçadores de Notícias

Publicidade

Lindóia

Praça insegura

Paula Weidlich
Escrito por Paula Weidlich

O espaço que as crianças que vivem próximo às ruas Henry Ford e Mém de Sá, no Lindóia, têm pra brincar poderia ser ainda melhor, principalmente se a pracinha utilizada por elas oferecesse mais segurança e melhor estrutura.

Segundo frequentadores, como a babá Vanderleia Bueno da Silva, 19 anos, que costuma ir à praça todos os dias pra levar a pequena Jamily, 9, pra brincar, é preciso ficar de olho e não descuidar das crianças nem por um instante. “A praça é perigosa, por não ter proteção pra rua. Passam carros a toda a hora. Assim, não dá pra deixar as crianças soltas, tem que cuidar bastante. Também acho que poderiam instalar mais brinquedos, muitas crianças brincam aqui”, diz Vanderleia.

Vizinha da pracinha, a dona de casa Olga Ferreira de Carvalho, 65, também reclama da falta de estrutura, especialmente de uma cerca, isso porque o local também serve como campinho improvisado pra partidas de futebol. “Tenho crianças em casa, uso a praça, levo minha netinha pra brincar. Mas ela está meio abandonada, faltam brinquedos e limpeza. Um alambrado ficaria ótimo, protegeria as crianças dos carros e eu não teria que sair de casa às vezes às 11h da noite, pra entregar a bola que caiu no meu quintal”.

Os moradores do bairro ainda apontam outros problemas da praça, como sujeira – incluindo cacos de vidro espalhados pelo chão, mato e falta de areia no parquinho.

Melhorias

Vanderleia e Jamily pedem mais opções pras crianças do Lindóia. Foto: Ciciro Back.
Vanderleia e Jamily pedem mais opções pras crianças do Lindóia. Foto: Ciciro Back.

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SMMA) comunica que a gerência de conservação e manutenção de praças está estudando a viabilidade técnica pra instalar a cerca. Até o fim de setembro, deve ser feita uma reposição de sete metros cúbicos de areia pro parquinho e a próxima limpeza mensal do local.

Leia mais sobre Lindóia.

Sobre o autor

Paula Weidlich

Paula Weidlich

(41) 9683-9504