Protetora em apuros - Caçadores de Notícias

Publicidade

Lindóia

Protetora em apuros

O amor que a protetora e diarista aposentada Rozeli Bernadete Painço, a “Dona Rose”, 69 anos, tem pelos animais é tão grande que há cerca de 20 anos, ela divide com os cães e gatos tudo que tem: o quintal, os cômodos da casa no Lindóia e sua aposentadoria de um salário mínimo.

Dona Rose começou a cuidar dos animais por acaso, no fim da década de 90, quando seu marido ainda era vivo. O casal tinha muitos cães. Alguns estão com a aposentada até hoje. Quando o marido faleceu, as pessoas descobriram a dedicação que ela dispensa aos bichos e passaram a abandoná-los na porta de sua casa.

“Eu não comecei pegando os bichos na rua, foram as pessoas que passaram a jogar eles aqui. Elas deixam os cachorros amarrados na frente da casa ou jogam os bichos por cima do muro. Nisto eles ficam muito machucados. Um deles, um pastor alemão que foi jogado pelo muro, quebrou o cóccix e perdeu o controle de suas necessidades fisiológicas”, diz.

Dificuldades

Foto: Ciciro Back.
Dona Rose vive só com um salário mínimo e precisa de ajuda para cuidar dos animais. Foto: Ciciro Back.

Além de precisar de doações para comprar ração, remédios e outros suprimentos para os mais de 20 cães e 38 gatos que vivem com ela, agora a aposentada precisa de outras pessoas. Problemas de saúde fazem com que ela necessite diariamente de medicamentos, alimentos especiais e fraldas, que não podem ser geriátricas, pois provocam alergias.

“Tenho pólipos na uretra e outras doenças que fazem com que eu tenha incontinência fecal. Tenho que seguir uma dieta indicada pela nutricionista e usar fraldas, mas não tenho conseguido comprar o que preciso. Além disto, todos os dias são necessários mais de 18 quilos de ração para alimentar os gatos e os cachorros”, desabafa.

Ela pede ajuda: “Preciso que pessoas apadrinhem ou, principalmente, adotem os animais”. Segundo ela, auxílio para comprar fraldas, remédios e para manter a casa também são bem-vindos. Para ajudar, ligue para Dona Rose: 3246-5459 ou 9927-7758.

Leia mais sobre Lindóia.

Sobre o autor

Paula Weidlich

Paula Weidlich

(41) 9683-9504