Binário problema - Caçadores de Notícias

Publicidade

Parolin

Binário problema

Moradores da Rua 24 de Maio reclamam da velocidade dos veículos. Foto: Ciciro Back.
Moradores da Rua 24 de Maio reclamam da velocidade dos veículos. Foto: Ciciro Back.

Desde que deixou de ser mão dupla, a Rua 24 de Maio perdeu a tranquilidade que tanto agradava os moradores do Parolin. O sossego foi embora no embalo do excesso de velocidade com que motoristas agora passam pelo local.

O problema está especialmente entre as ruas João Viana Seiler e João Parolin, que é predominantemente residencial. “O pessoal vem embalado na descida e só para na Rua João Parolin. A velocidade é estúpida e os motoristas acham que podem passar por aqui com tudo”, explica a representante comercial Moema Bordignon, 60, que mora há 30 anos no local. “Virou uma pista de corrida. A sorte é que temos poucas crianças que ficam brincando na rua”.

“Virou uma pista de corrida. A sorte é que temos poucas crianças que ficam brincando na rua”. Foto: Ciciro Back.
“Virou uma pista de corrida. A sorte é que temos poucas crianças que ficam brincando na rua”. Foto: Ciciro Back.

O abuso da velocidade começou quando o trecho passou a compor um binário e, por isso, se tornou via de mão única. Desde então, os moradores pedem pela instalação de redutores de velocidade no local, para evitar novos acidentes. A população da região se reuniu e no ano passado entregou abaixo-assinado e vídeo com duas horas de filmagens que comprovam a imprudência dos motoristas. “Até hoje ninguém tomou providências”, lamenta Moema.

Lombadas

A Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) informou que existe projeto para a instalação de uma lombada física na Rua 24 de Maio, antes do cruzamento com a Rua Acácio Corrêa, “mas ainda não previsão de realização da obra”. Mesmo assim, a solicitação “já está na programação de licitações futuras de lombadas físicas.”

 

Leia mais sobre o Parolin.

Sobre o autor

Carolina Gabardo Belo

(41) 9683-9504