Bebê quase para de respirar após amamentação, mas é salva por GMs na Grande Curitiba

Publicidade

Pinhais

GM conta momento emocionante em que salvou bebê que quase parou de respirar após amamentação

Avatar
Escrito por

Susto, apreensão, medo, mas com um final feliz. Assim começou a terça-feira (23) para uma família em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Perto das 6h, o casal percebeu que a sua filha recém-nascida de 7 dias estava com dificuldades para respirar após ser amamentada. Desesperados, o pai e mãe foram para a rua Nilo Peçanha, no bairro Vila Amélia, pedir ajuda.

+Leia também: Atenção! Rua de bairro de Curitiba vira mão única a partir desta terça-feira

Aí os “anjos” Jean Machado e Bruno Salgado visualizaram o pedido após realizar patrulhamento na região. “Estávamos no fim do nosso plantão e gritavam na rua pedindo auxílio. Quando chegamos na residência, a criança estava com leite na região nasal. Foram feitas manobras para obstruir a respiração e logo ouvimos o choro. Foi um alívio”, contou Jean para a reportagem da Tribuna do Paraná.

Na sequência, a Guarda Municipal entrou em contato com a Samu, mas todos os atendentes estavam ocupados. “Levamos a mãe e a neném para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pinhais e lá foi atendido com mais calma. Fico feliz por ter ajudado, mas faz parte do meu trabalho”, reforçou Jean.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Pai era o mais nervoso

Ao lembrar o ocorrido, o policial acredita que a história teve um final feliz para a família após uma perda do passado. “O pai era o mais nervoso, pois ele passou para a gente que eles tinham perdido um recém nascido. Um motivo para acreditar que tudo pode um dia ser melhor que o outro”, finalizou Jean.

Com seu trabalho, Provopar salva vidas e oferece uma chance de futuro

Sobre o autor

Avatar

(41) 9683-9504