Publicidade

Piraquara

Acesso bloqueado!

Escrito por Lucas Sarzi

Na manhã desta quarta-feira (18), mesmo depois de um protesto que bloqueou a rodovia por mais de duas horas, o bloqueio foi feito pelos funcionários da concessionária, cumprindo uma determinação judicial

Os moradores e comerciantes do bairro Guarituba, em Piraquara, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), não conseguiram evitar que o acesso do quilômetro 90 do Contorno Leste, a BR-116, fosse fechado. Na manhã desta quarta-feira (18), mesmo depois de um protesto que bloqueou a rodovia por mais de duas horas, o bloqueio foi feito pelos funcionários da concessionária, cumprindo uma determinação judicial.

As duas saídas funcionavam tanto no sentido a São José dos Pinhais, como no que leva ao Centro de Piraquara. O pedido para o fechamento veio de uma ONG, Rede Brasileira Para Conservação dos Recursos Hídricos e Naturais Amigos das Águas (ADA), que alega que o trecho faz parte de uma área de proteção e a passagem dos veículos afeta o meio ambiente.

Moradores da região fizeram protesto, mas nada adiantou. Foto: Gerson Klaina.
Moradores da região fizeram protesto, mas nada adiantou. Foto: Gerson Klaina.

Com o protesto, na manhã desta quarta-feira, os moradores fecharam um dos lados do Contorno Leste e esperavam que, de alguma forma, a prefeitura de Piraquara os ajudasse. ‘Mas, pelo visto, o prefeito não pensa na gente. Infelizmente, sabemos que não teremos força no momento, mas não vamos desistir‘, disse um dos moradores, que não se identificou.

A chegada das equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez com que o grupo de manifestantes saísse do asfalto e deixasse que os funcionários da concessionária liberassem a via. Em questão de minutos, as pessoas tinham ido embora e as máquinas começaram o trabalho de bloqueio do acesso ao bairro.

‘Acontece que, com o fechamento, nós todos seremos prejudicados. Quem mora na região vai ter que percorrer um trajeto de mais de 10 quilômetros e as empresas que ficam aqui nos arredores não vão mais poder receber os caminhões. A gente teme até mesmo o desemprego‘, desabafou a moradora Rosana Tereza Almecht, 45 anos.

Obras foram iniciadas após protesto. Foto: Gerson Klaina.
Obras foram iniciadas após protesto. Foto: Gerson Klaina.

Em nota, a prefeitura de Piraquara já havia esclarecido que a jurisdição do Contorno Leste é do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), mas que o município não concorda com fechamento dos acessos à rodovia determinados pela Justiça. Isso porque a medida afeta milhares de moradores, além de empresas que utilizam essas saídas diariamente.

Segundo os moradores, além do bloqueio do quilômetro 90, a decisão da Justiça também afetou outro acesso, o do quilômetro 81, que fica próximo ao Complexo Penitenciário de Piraquara. Neste segundo ponto, uma liminar conseguiu um tempo a mais para que a solução seja encontrada. A prefeitura, por sua vez, informou que busca viabilizar uma solução para a questão.

Também em nota, a Autopista Litoral Sul disse que o DNIT apenas cumpriu a decisão judicial. A concessionária deu, como alternativa aos usuários, os trevos do quilômetro 93, no entroncamento com a BR 277, e do quilômetro 86, no entroncamento com a PR-415. A população promete um novo protesto.

Sobre o autor

Lucas Sarzi

Jornalista formado pelo UniBrasil e que, além de contar boas histórias, não tem preconceito: se atreve a escrever sobre praticamente todos os assuntos.

(41) 9683-9504