Cadê a garantia? - Caçadores de Notícias

Publicidade

Santa Quitéria

Cadê a garantia?

Pais e mães de alunos do CMEI Nice Braga, no bairro Santa Quitéria, promoveram, na manhã desta segunda-feira (30),  um ato em protesto à fusão do centro de educação infantil com a Escola Municipal Maria Nicolas, anunciada oficialmente pela Secretaria Municipal de Educação na última quinta-feira (26).

LEIA TAMBÉM: Artista de rua faz sucesso pelo Centro de Curitiba

Com cornetas, buzinas e faixas, cerca de 70 pais se reuniram em frente à escola para pleitear um posicionamento da administração municipal. Entre os manifestantes, o construtor Vinícius Soya, 40 demonstrava a mesma indignação dos demais. “Só disseram que a fusão foi suspensa. Isso não nos traz garantias de que a escola permanecerá funcionando com a mesma quantidade de alunos e qualidade de ensino. Não vamos aceitar essa integração”, afirmou.

Para a mãe Carolina Marzal, 35, a medida representa a transformação do CMEI num grande depósito de crianças. “A estrutura da escola já funciona ‘no limite’ com os alunos regulares. O colégio não tem capacidade para receber mais alunos. A solução não seria relocar as crianças, mas sim reformar de maneira efetiva, as duas escolas”, disse à Tribuna.

LEIA MAIS: Prostituição no Atuba: Travestis comentam reportagem

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, a escola teria “espaços ociosos”, que poderiam ser melhor aproveitados, caso mais alunos fossem matriculados no CMEI. No último domingo, a administração municipal voltou atrás, garantindo que a fusão não vai mais acontecer. Ainda assim, pais e professores aguardam posicionamento oficial neste sentido.

Sobre o autor

Maria Luiza Piccoli

Maria Luiza Piccoli

(41) 9683-9504