Mudanças no busão - Caçadores de Notícias

Publicidade

São José dos Pinhais

Mudanças no busão

Escrito por Olavo Pesch

O final de novembro reserva várias mudanças para os usuários do transporte coletivo de São José dos Pinhais. A partir do dia 26, não será mais possível pagar a passagem em dinheiro em nenhuma das linhas urbanas. Nas metropolitanas, cortes de linhas e alterações de itinerários estavam programados pra entrar em vigor no dia 28 de novembro, mas na véspera a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) suspendeu as modificações. Em meio a possíveis transtornos, a prefeitura traz uma boa notícia: a tarifa das linhas que circulam dentro do município deve baixar nos próximos dias, como consequência da extinção dos postos de cobradores, que representam 12% do custo do sistema. Segundo a Tribuna apurou, o valor deve cair dos atuais R$ 2,95 (para quem usa o cartão) para até R$ 2,85.

Só no cartão

A implantação da bilhetagem exclusivamente eletrônica nas linhas urbanas, através do cartão VEM (Vale Eletrônico Municipal) ocorreu gradativamente ao longo do ano. Até o mês passado, somente cinco linhas ainda aceitavam pagamento em dinheiro.

Desde 28 de outubro, a Jardim Carmem e a São Marcos (Parador), gerenciadas pela Sanjotur, deixaram de aceitar dinheiro. Entre as rotas administradas pela Viação São José, a Terminal Central/Terminal Afonso Pena passou a operar apenas com cartão na última quinta-feira. E na próxima quinta-feira, as linhas Bairro a Bairro 1 e 2 também só aceitarão o VEM. Juntas, estas três linhas, que eram as mais movimentadas, atendiam a 45% da demanda.

Adesão

Segundo o diretor de transportes de São José dos Pinhais, Tarlis Mattos, 97% dos passageiros já usam o cartão. “Tiraram o cobrador da linha Terminal Central/Terminal Afonso Pena e não tivemos nenhuma reclamação. No Bairro a Bairro, 90% já pagavam no cartão”, cita.

“Atingindo 100%, tem redução de tarifa. A intenção é baixar o preço para o usuário loga na semana que vem”, promete o diretor. Ele também desmente o boato de que a Linha Centro será extinta e reforça que a integração com o transporte coletivo de Curitiba será mantida, apesar das mudanças que haviam sido anunciadas pela Comec (confira o quadro) e foram suspensas.

tabela_mudancas_nas_linhas_metropolitanas

Autoatendimento vem aí!

Sem a presença do cobrador, tarifa vai ficar mais barata. Foto: Felipe Rosa.
Sem a presença do cobrador, tarifa vai ficar mais barata. Foto: Felipe Rosa.

Por enquanto, há apenas 30 pontos de recarga do cartão transporte. Mas o diretor de transportes de São José dos Pinhais, Tarlis Mattos, revela que as empresas de ônibus estão em negociações para, até o começo de 2016, instalarem 15 terminais de autoatendimento – no estilo dos disponíveis para pagamento de estacionamento em shopping centers – em locais que funcionem 24 horas, como as Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs), o Hospital São José e o Aeroporto Internacional Afonso Pena. “Será possível pagar com cartão ou dinheiro, sem troco, para não dar problema de segurança, como os caixas eletrônicos”, explica.

O diretor de transportes também antecipa que está sendo estudado o desenvolvimento de um aplicativo que permita recarregar o cartão transporte por celular. De acordo com Mattos, nos próximos dias a Câmara Municipal deve votar um projeto de lei que permita a implantação do cartão avulso, para facilitar a vida dos usuários eventuais do transporte coletivo são-joseense.

Leia mais sobre São José dos Pinhais

Sobre o autor

Olavo Pesch

(41) 9683-9504