Publicidade

Tatuquara

Todos na expectativa

Escrito por Paula Weidlich

Um prédio novinho em folha, pronto para atender a população, é a primeira impressão de quem chega à Rua da Cidadania do Tatuquara. Em obras desde julho do ano passado, a previsão de inauguração era para março. Mas, as portas ainda estão fechadas e nada funciona. Quem lamenta o atraso são moradores e pessoas que circulam diariamente pelos bairros do Tatuquara, Caximba e Campo de Santana, como o operador de máquinas Geraldo Calsavara, de 52 anos.

“A expectativa é que comece logo a funcionar. Sempre que precisamos, temos que ir até a Regional do Pinheirinho, por isso esta obra é importante para nós. Além de facilitar para os moradores, a regional ainda vai valorizar nosso bairro”, diz Geraldo. Além dele, o soldador Vanderley de Souza Junior, 32 anos, espera pelo início dos atendimentos. “Vai ser muito bom ter uma Rua da Cidadania, vai ajudar muito o pessoal, ainda mais quando o terminal e o 24 horas (unidade de pronto-atendimento) também estiverem funcionando”.

Emprego

Pai de uma menininha, o repositor Fernando Fidelis Pereira, 28, é outro morador que não vê a hora de as obras terminarem, para não precisar mais se deslocar até ao Pinheirinho ou ao Sítio Cercado, quando precisar de algum atendimento público ou de consultas médicas para sua filha. “Vai ajudar a região, acho que vai ter emprego pra muita gente”.

Dois meses

Segundo a Prefeitura, a Rua da Cidadania do Tatuquara está praticamente pronta, faltando pequenas intervenções, que devem ser concluídas até agosto. “O atraso no cronograma ocorreu devido às chuvas, à alteração no projeto de comunicação visual do prédio, e também à necessidade de obras viárias de acesso”, informou a prefeitura, em nota. A partir da entrega da obra, ainda será preciso colocar mobiliário (já adquirido) no prédio e designar o pessoal das secretarias que irão trabalhar nos respectivos núcleos integrantes da Rua da Cidadania.

Ônibus e saúde

UPA só vai funcionar o ano que vem. Foto: Ciciro Back.
UPA só vai funcionar o ano que vem. Foto: Ciciro Back.

Além da Rua da Cidadania que oferecerá à população serviços públicos, o local também contará com terminal de ônibus e com Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Quanto ao terminal, a prefeitura e o Instituto de Pesquisa Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) informam que a ordem de serviço da empresa para elaboração dos projetos foi assinada em 16 de março. A empresa tem até cinco meses para fazer o levantamento topográfico, anteprojeto e projeto básico, projetos executivos e orçamentos. Concluída esta etapa, inicia a licitação, que geralmente conclui-se em dois meses e então é liberada a ordem de serviço pela Secretaria Municipal de Obras Públicas para iniciar a construção do terminal. Já em relação à UPA Tatuquara, a informação é de que as obras estão em andamento e a previsão de entrega é março do ano que vem.

Leia mais sobre o Tatuquara.

Sobre o autor

Paula Weidlich

(41) 9683-9504