Advogados da campanha do prefeito Rafael Greca (DEM) reverteram, ao menos temporariamente, a decisão judicial que ordenava a retirada de peças eleitorais que continham símbolos da prefeitura de Curitiba.

+Leia mais! Rivais acusam Greca de fugir dos debates e marcam encontro na casa do prefeito

O mandado de segurança que suspendeu os efeitos da determinação foi expedido pelo desembargador federal Fernando Quadros da Silva. O magistrado acatou os argumentos da campanha do prefeito, de que a utilização de símbolos como o brasão de Curitiba não caracteriza publicidade institucional e, ainda, de que o uso de imagens de bens públicos é “acessível a qualquer candidato que concorre no pleito eleitoral”.

Tudo sobre os candidatos das eleições 2020 no Guia dos Candidatos da Tribuna!