A vereadora Kátia Dittrich, do Solidariedade, que adota nas urnas o nome Kátia dos Animais, pode ter sua candidatura à reeleição impedida. Em ação publicada nesta quinta-feira (1), a promotora do Ministério Público Eleitoral Angela Domingos Calixto pede a impugnação da candidata pela falta de apresentação das contas de campanha de 2018, quando Dittrich concorreu a uma vaga como deputada estadual.

LEIA AINDA – Apenas 4 dos 38 vereadores de Curitiba não concorrem à reeleição em 2020

No pedido de impugnação, a promotora salienta que “ao não cumprir a obrigação eleitoral imposta a todos os candidatos”, Dittrich “incorre em ausência de quitação eleitoral no período de 01-janeiro-2019 a 31-dezembro-2022”, não podendo ser diplomada nesse período, caso eleita.

LEIA TAMBÉM – Francischini deve pagar multa por propaganda antecipada em Curitiba, determina Justiça

Procurada pela reportagem da Gazeta do Povo, a defesa da vereadora nega que tenha deixado de apresentar as contas de 2018 e diz que já apresentou defesa no processo de impugnação. Atualmente, a vereadora também recorre na Justiça contra condenação pela prática de “rachadinha” na Câmara Municipal. Quanto a este caso, a defesa diz que a vereadora aguarda julgamento do recurso pelo Tribunal de Justiça.