Especial Publicitário

Conheça as profissões que estarão em alta após a pandemia

2 minutos de leitura
CIEE - PR
Por CIEE - PR
09/11/2021 20:59 - Atualizado: 09/11/2021 21:00
https://www.cieepr.org.br/wp-content/uploads/2021/10/Design-sem-nome-5.jpg
Foto: Pixabay

A pandemia do Coronavírus fez uma revolução em todas as áreas da sociedade. Modificou não somente as relações sociais, mas também as relações de trabalho, que precisaram passar por adaptações para o momento – a adoção, por exemplo, do sistema home-office ou híbrido, que até então uma pequena parcela do mundo corporativo praticava. 

Para alguns especialistas ainda é cedo para prever com exatidão quais serão os cargos de importância após a pandemia, pois o mundo do trabalho continua em plena transformação. Mas o que se sabe é que em todas as áreas os profissionais precisarão flexibilizar ideias e se preparar para o impacto da tecnologia em suas atividades. 

Características profissionais valorizadas no mundo pós-pandêmico 

Estar preparado para a disruptura tecnológica não é a única característica que será valorizada no mundo pós-pandemia. Outra particularidade é que gestores e recrutadores buscarão por profissionais com algumas habilidades específicas. Perfis criativos farão diferença.  

Além disso, domínio de inteligência emocional é outra competência importante nesse cenário. Essa é uma habilidade que permite resiliência e preparo para entender que crise é uma constante, portanto, os profissionais devem estar capacitados a desenvolver o pensamento crítico, receber informações, analisá-las e filtrá-las. 

E quais serão as atividades em alta? 

Apesar de todas as mudanças, o momento de pandemia do Coronavírus tem servido também para o fortalecimento de algumas atividades e já dá sinais que algumas profissões estarão em alta após esse período, principalmente nas áreas de Tecnologia e Finanças.  

Segundo especialistas consultados pela Revista InfoMoney, as 10 profissões que devem estar em alta pós-pandemia são as listadas a seguir: 

  • Profissional de cibersegurança (Tecnologia) 
  • Profissional customer experience – experiência do usuário (Tecnologia) 
  • Especialista em nuvem (ou cloud) (Tecnologia) 
  • CFO (ou diretor-financeiro) (Finanças)
  • Diretor comercial (Finanças) 
  • Gerente de tesouraria (Finanças) 
  • Planejador financeiro (Finanças) 
  • Assessor de investimentos (Finanças) 
  • Profissional de recursos humanos (RH) 
  • Enfermeiros e técnicos em enfermagem (Saúde) 

As tendências 

O interesse crescente por profissionais da área de tecnologia acontece justamente pelo fato das empresas terem, nesse momento, um volume de dados maior para processar. Inclusive, pela mesma razão, os especialistas em cibersegurança estão sendo requisitados. As plataformas on-line também estão sendo usadas em uma escala maior, por isso, ter profissionais que cuidem da experiência dos usuários do começo ao fim, é cada vez mais importante. 

Na área da saúde, como os efeitos da pandemia ainda devem perdurar, os especialistas em enfermagem continuam sendo fundamentais. Por ser um momento também de retomada nas empresas, duas áreas se tornam essenciais: recursos humanos (para trazer novamente todos os profissionais atingidos pela crise) e financeira (para reorganizar).  

O profissional da área comercial será demandado para o desenvolvimento de novos negócios, voltados principalmente para o “novo cliente” que também surge pós-pandemia. 

Essas informações foram úteis para você?  Para continuar por dentro de todas as novidades do CIEE/PR, acompanhe nossas redes sociais: Instagram,  Facebook, YouTube, Twitter e LinkedIn

Conteúdo de responsabilidade do anunciante.
CIEE - PR

Sobre CIEE - PR

O Centro de Integração Empresa-Escola do Paraná (CIEE/PR) foi fundado em 14 de agosto de 1967. Iniciativa de um grupo de educadores e empresários preocupados com o descompasso entre a formação profissional e a capacitação do estudante para ingressar no mundo do trabalho.

Entre os fundadores, destacam-se os ex-governadores Ney Braga, Pedro Viriato Parigot de Souza e Jayme Canet Júnior, Conselheiros Eméritos. Desde então, milhares de estudantes passaram pelo Programa de Estágio do CIEE/PR, ocupando hoje posições de destaque na magistratura, nos poderes legislativo e executivo, no empresariado, na sociedade paranaense em geral.

Vale ressaltar também a contribuição de várias entidades, como a Federação das Indústrias do Estado do Paraná, a Associação Comercial do Paraná, a Federação do Comércio do Estado do Paraná, Secretarias de Estado e Instituições de Ensino de Nível Médio e Superior.

Há 54 anos, o CIEE/PR atua para promover a integração dos jovens ao mercado de trabalho. Por meio de programas de estágio e aprendizagem, cursos de capacitação e cidadania e programas sociais, a instituição contribui para o desenvolvimento econômico e social do Estado. Com 39 unidades operacionais distribuídas em todas as regiões do Paraná, o CIEE/PR tem uma média mensal de 22,5 mil estagiários e 4,5 mil aprendizes, e já recebeu cerca de 30 títulos de Utilidade Pública. Está registrado nos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente em mais de 112 municípios e tem como um de seus propósitos trabalhar para fortalecer o desenvolvimento humano e social.

Saiba mais