Dica importante

Currículo atraente e bom uso das redes sociais ajudam na busca de empregos na 3ª idade

2 minutos de leitura
Redação/Tribuna do Paraná
Por Redação/Tribuna do Paraná
12/07/2022 14:49 - Atualizado: 12/07/2022 14:49
Currículo atraente e bom uso das redes sociais ajudam na busca de empregos na 3ª idade

Segundo pesquisa do PNAD (Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios) a retomada do mercado de trabalho tem se intensificado ao longo dos últimos meses, atingindo um contingente de 97,8 milhões de pessoas ocupadas, o que representa uma alta de 10% com relação ao mesmo período do ano passado. A pesquisa revela também que a expansão da ocupação vem ocorrendo de forma generalizada, abrangendo todas as regiões, todos os segmentos etários e educacionais e todos os setores da economia.

+ Leia mais: Linha de produção, vendedor, telemarketing e mais! Curitiba e RMC têm 1.698 vagas abertas

Para o consultor de carreira e diretor da ESIC Internacional, Alexandre Weiler, esse panorama apresenta um mercado mais aquecido e que exige dos profissionais uma atenção redobrada no momento de preparar o currículo. “O currículo deve apresentar pontos que mostrem as habilidades pessoais, trajetória acadêmica, profissional, além de cursos e idiomas. Foto e pretensão salarial, apenas se a vaga exigir. O importante é lembrar que as empresas querem contratar pessoas que sejam capazes de dar resultados, trazer soluções e de se engajar na cultura organizacional existente, assim, currículos vencedores sempre são aqueles que conseguem apresentar profissionais capazes de realizar isso.”

Além do conteúdo que deve integrar um currículo vencedor, a forma de montar e a escolha das ferramentas são igualmente importantes, uma vez que são elas que irão oferecer a visibilidade daquele profissional. Nesse caso, Weiler afirma que a primeira dica é usar o Linkedin como rede social.

“O Linkedin possui uma estrutura adequada, é aceito por todas as empresas e permite algo extremamente relevante que é a divulgação e a visibilidade das habilidades e competências, sem contar que permite buscar vagas disponíveis, lapidar/aprimorar o perfil, além de possibilitar uma proatividade do candidato”.

+ Veja também: Empresa de telecomunicações vai contratar 50 profissionais em Curitiba

Já para quem é docente/ professor, o especialista afirma que a plataforma mais adequada é o LATTES. “Também é possível utilizar editores de texto como word, ou ainda aplicativos de celular específicos”, reforça.

Inserção da população 60+

O cenário de aquecimento do mercado de trabalho é também uma grande oportunidade para a inclusão de candidatos 60+, que hoje são 12% da população e, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), representarão até 2050 22% da população e da força de trabalho.

Diante desses dados, Weiler afirma que as organizações podem ter muitas vantagens ao apostar na inserção da terceira idade no mercado de trabalho, pois além de serem uma parcela considerável da população esse perfil possui características muito buscadas e prestigiadas pelas empresas e que estão se tornando raras no mercado, como: seriedade, maturidade, experiência acumulada em setores nichados, comprometimento, engajamento, resiliência e o famoso “vestir a camisa”.

+ Tribuna empregos: Veja todas as vagas disponíveis para contratação

“Para esses candidatos o ponto de partida será buscar vagas que demandem o perfil e empresas que valorizem as características citadas. Já, durante o processo seletivo, é fundamental que o candidato deixe claro que entende que a empresa valoriza estes diferenciais e que você os possui”.

Envio e apresentação

Consultor de carreira e diretor da ESIC Internacional, Alexandre Weiler. Foto: Divulgação

A forma de envio do currículo também merece atenção. Nesse caso, o ideal é escolher os canais que a empresa está sinalizando como válidos. “Esteja onde a empresa alvo, ou que ofereça a vaga, está e utilize os canais específicos que ela utiliza. Hoje há empresas que utilizam sites, aplicativos, número de WhatsApp, e-mail, entrega presencial ou agências. No caso de envio por email é muito importante acompanhar o seu currículo de um texto bem formulado que desperte o desperte o interesse por parte do recrutador”.

No caso de processos seletivos que solicitam foto, o profissional deve lembrar de usar uma que esteja conectada com o seu perfil profissional e que retrate seriedade e profissionalismo. “Muito importante também que ela esteja conectada com o perfil da vaga e a cultura organizacional da empresa que está contratando”.

Uma vez conquistada a entrevista, a forma de apresentação do candidato deve ser considerada como algo primordial. ”Uma boa apresentação passa por vestir-se adequadamente, portar-se de forma respeitosa e positiva, além de utilizar linguagem adequada, que não precisa ser rebuscada, mas que seja livre de expressões vulgares, gírias, etc. Na vestimenta, o equilíbrio e a parcimônia sempre são grandes aliados: por um lado roupas informais demais podem ser um problema e por outro, excesso de adereços também depõem contra o perfil profissional”, finaliza.