Papa vaga!

O que colocar no currículo para te ajudar a encontrar um emprego

2 minutos de leitura
Gustavo Marques
Por Gustavo Marques
29/09/2021 13:47 - Atualizado: 29/09/2021 14:05
O que colocar no currículo para te ajudar a encontrar um emprego

Um currículo bem feito pode ser determinante na hora de conseguir um emprego, ou mesmo a chance de mostrar a intenção de trabalho para uma empresa. Atualmente, são mais de 14,4 milhões de brasileiros desempregados, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados no fim de agosto. Como fazer um currículo? O que colocar no campo objetivo? Bora descobrir com o Tribuna Empregos!

Pequenos erros ou mesmo alguns deslizes podem prejudicar a imagem no momento em que se busca a tão desejada vaga de trabalho ou até mesmo uma alteração de emprego em busca de reconhecimento profissional. A Tribuna do Paraná conversou com Richard Vasconcelos, CEO da LEO Learning Brasil, uma das principais empresas de educação corporativa digital. Ele é mestre em Tecnologias Educacionais pela University of Oxford e tem ao menos 15 anos de atuação no mercado de educação. Na conversa, Richard cita os erros mais comuns que são realizados na hora de buscar uma nova vaga de trabalho e deixa várias dicas para conseguir esse importante passo na hora da seleção.

+Veja mais! Vagas de emprego abertas em Curitiba e região!

Apesar de estarmos mais conectados com o mundo cibernético, o especialista em carreiras de trabalho reforça que o lado humano precisa ser mencionado para dar um estilo personalizado para quem disputa uma chance em um mercado tão acirrado. “Enviar o currículo personalizado para a vaga e se candidatar àquela vaga que esteja dentro do seu perfil. Se você consegue identificar os valores da empresa e personalizar essas informações no seu currículo, será bem visto. Seja seletivo. É melhor ser sniper do que metralhadora”, relatou Richard.

"Seja seletivo. É melhor ser sniper do que metralhadora”, relatou Richard, em um papo com a Tribuna sobre como fazer um currículo moderno e certeiro para a vaga.
“Seja seletivo. É melhor ser sniper do que metralhadora”, relatou Richard, em um papo com a Tribuna sobre como fazer um currículo moderno e certeiro para a vaga. Foto: Divulgação.

Bora lá descobrir qual é o caminho das pedras para destacar seu currículo no meio de tantos candidatos? Tribuna Empregos te ajuda nessa!

Tribuna Empregos – Como aumentar as chances do meu currículo ser lido?

Richard Vasconcelos – Enviar o currículo personalizado para a vaga e se candidatar a vaga que esteja no seu perfil. O RH recebe centenas de currículos por dia, então você precisa pensar como o RH. Se a vaga tem algumas características e pré-requisitos, é importante personalizar o currículo com as palavras chave que estão sendo solicitadas. Não adianta panfletar currículo para qualquer vaga, isso reduz a chance de ser lido porque o RH já recebe muitos assim. Então, precisa focar em vagas que estão dentro dos seu perfil, com um viés objetivo.

Tribuna Empregos – Qual é a melhor ordem das informações para se colocar no currículo?

Richard Vasconcelos – Primeiro uma breve carta de apresentação mostrando um pouco sobre você e objetivo profissional. Depois, histórico profissional, seguido por formação acadêmica e outros cursos ou idiomas. Em seguida, qualquer outra informação. O RH quer primeiro entender quem você é e qual sua experiência. Isso precisa ser bem fácil de ler e entender.

+Viu essa? Paraná tem 8 concursos públicos com inscrições abertas. Salários chegam a R$ 28 mil

Tribuna do Paraná – É melhor fazer um currículo em PDF ou Word?

Richard Vasconcelos –  PDF, além de não ser editável, é mais profissional.

Tribuna do Paraná – Meu currículo pode ter mais de 2 páginas?

Richard Vasconcelos –  Não! Precisa ser mais objetivo. Trazendo informações que são relevantes para a vaga. 

Tribuna do Paraná – Como colocar informações sobre os meus idiomas?

Richard Vasconcelos – Falar a verdade. Não adianta colocar inglês intermediário se você não sabe inglês. 

Tribuna do Paraná – Curso e atividades, tenho que colocar?

Richard Vasconcelos – Só o que for relevante para a vaga. 

Tribuna do Paraná – Currículo com design criativo é bem visto ou menos é mais?

Richard Vasconcelos  – Se for bem diagramado, pode chamar um pouco mais de atenção sim, mas, na prática, ninguém é escolhido porque o CV tem um design melhor ou pior. O mais importante é fazer uma diagramação clara e direta.

+Olha essa! Feira de Profissões da Universidade Positivo vai distribuir bolsas de até 100%

Tribuna do Paraná – Devo colocar minhas redes sociais no meu currículo?

Richard Vasconcelos – Sim, as empresas vão querer pesquisar. Quanto mais fácil e transparente melhor. Você pode não querer que ela te ache ou querer fechar o perfil, mas precisa saber que o mundo hoje é aberto. As empresas vão entrar no seu perfil, então é importante ter um perfil apresentável para os RHs.

Tribuna do Paraná – E a Foto 3×4?

Richard Vasconcelos – Só se a sua aparência for algo importante para a vaga, mas particularmente não acho que deve incluir. 

Tribuna do Paraná – Que dicas pode passar para ganhar pontos com a empresa?

Richard Vasconcelos – Pesquisar muito sobre a empresa e personalizar o currículo. Se você consegue identificar os valores da empresa e personalizar essas informações no seu currículo, será bem visto. Também, buscar entender melhor a demanda da empresa para que você consiga se preparar para a entrevista. Pode também mandar um link para um vídeo currículo de 2 minutos, isso destaca bastante.

+ Veja também: Shopping de Curitiba tem vagas de trabalho em diversas áreas de atuação

Tribuna do Paraná – As perguntas acima são do currículo tradicional. Este modelo está ultrapassado? Qual é a “boa” do currículo 2022?

Richard Vasconcelos – Vídeo currículo está bastante em alta. Empresas pedem para gravar um vídeo de 2 minutos falando sobre você. Elas fazem isso porque a maioria das pessoas não mandam o vídeo, então é uma forma de filtrar rapidamente quem realmente quer. Então, sempre recomendo que envie porque já está melhor que a maioria. Não tem importância você ler um papel durante o vídeo, ninguém julga sua capacidade artística, mas precisa parecer simpático e capacidade de comunicação com clareza. Outra boa são formulários e testes de perfil comportamental. As empresas estão aumentando o número de etapas automáticas, então precisa ter muita paciência para participar de alguns processos seletivos.

Tribuna do Paraná – A última pergunta, aquela que vai colocar a pessoa perto do emprego. Vale apostar em mandar para todos os lados ou focar em poucos?

Richard Vasconcelos – Seja seletivo. É melhor ser sniper do que metralhadora. O processo seletivo não é medido pela quantidade de nãos, mas pelo único sim que você recebe. Então, é melhor concentrar tempo e energia nos processos que fazem sentido do que atirar para tudo que é lado.