Dicas

Sete dicas para quem está buscando recolocação no mercado de trabalho

2 minutos de leitura
Redação/Tribuna do Paraná
Por Redação/Tribuna do Paraná
05/10/2021 19:54 - Atualizado: 06/10/2021 17:27
Sete dicas para quem está buscando recolocação no mercado de trabalho

Em um país em que o número de pessoas que buscam ativamente um emprego não diminui, a necessidade de se destacar entre os concorrentes é fundamental. Afinal, é isso que vai fazer a diferença entre ser um candidato bem-sucedido ou não nessa jornada. E as oportunidades estão aí.

Para se ter ideia, no Brasil, o número de empregos formais gerados nos cinco primeiros meses de 2021 chegou a 1.233.372, de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados pelo Ministério da Economia. Segundo o levantamento, 280.666 empregos com carteira assinada foram criados no país apenas no mês de maio.

+ Leia mais: Ninguém se interessa pelo seu currículo? A culpa pode ser sua

Ou seja, quem está em busca de recolocação no mercado de trabalho deve estar atento às vagas e mais ainda em como está se preparando para elas. Para ajudar nesta jornada o especialista Marco Santos, da Marco Santos PRO, empresa que atua com treinamentos em design thinking, liderança e criatividade, traz algumas dicas. Confira!

– Tenha currículo on e offline com destaques da sua trajetória

Sim, é muito importante ter um documento bem feito, atualizado e que ressalte suas melhores qualidades para enviar sempre que houver uma oportunidade de vaga. Porém, já pensou em um currículo on-line? As redes sociais profissionais também são ótimos chamarizes para vagas.



+ EMPREGOS NO WHATSAPP: Receba notícias sobre empregos, dicas e as vagas abertas na semana. Entre no grupo Tribuna Empregos no WhatsApp


Nos dois casos a dica é: invista em uma foto de boa qualidade para postar/anexar ao documento. Também utilize nomes e e-mails fáceis de serem digitados. Uma outra sugestão é começar destacando resumidamente a sua trajetória e realizações. Posteriormente, aprofunde por experiência, sempre dando exemplos e número que destaquem a sua contribuição para a conquista mencionada. Por fim, destaque a formação e cursos complementares.

+ Veja também: Desempregado? É hora de autoavaliação e foco na busca da vaga certa

Fazendo nessa ordem, em poucas linhas você já demonstra que tem condições de preencher a vaga. É como um trailer de um filme: você começa destacando os melhores momentos e depois conta a história para quem se interessar. Importante ainda ter o final adequado em que são dados os créditos, ou seja, como você fez para chegar nos resultados.

– Tenha vários currículos

Para ser mais assertivo, tenha preparado vários tipos de currículo. Eles devem demonstrar as habilidades e conhecimentos específicos para cada tipo de vaga que você deseja se encaixar. Caso contrário, parecerá muito genérico e seu risco de cair na vala comum é muito grande.

– Posicione-se adequadamente na internet

Como está o seu posicionamento na internet? Como você trabalha com a sua reputação? Não são apenas os candidatos que estão na rede. Os pesquisadores também estão. Ou seja, certamente eles irão pesquisar os candidatos e analisar aspectos como: se escrevem corretamente, como se comporta no ambiente social, como são seus amigos, etc.

+ Veja mais: É possível continuar motivado trabalhando em home office?

Tenha noção de que tudo o que você curte, compartilha, e opina faz parte da sua imagem. Uma excelente forma de se fazer ser notado é escrevendo sobre aspectos relevantes com o seu ponto de vista. Ao elaborar e compartilhar a sua opinião, você já vai se destacar da maioria que só copia o que vê. Seja você a fonte do seu tema.

– Seja atuante na sua especialização

Ainda no âmbito da rede social é importante estar presente no seu ramo de especialização. Existem diversos fóruns especializados e grupos das mais variadas carreiras. Compartilhe sua opinião nesses locais. Os algoritmos das redes sociais adoram quando você gera conteúdo de alta qualidade e ajuda as pessoas a ficarem mais tempo na plataforma. A sua recompensa vem em forma de exposição e de pessoas que querem conhecer o seu trabalho com mais profundidade. Além disso, ajuda a fortalecer a sua imagem.

– Proatividade faz a diferença

Na busca por empregos, uma boa sugestão é ao identificar a vaga e se inscrever nela, ter também uma postura mais ativa: verifique se você conhece alguém que trabalha na empresa que surgiu a oportunidade e peça para fazer essa conexão. Grande parte do preenchimento das vagas acontece por indicações.

– Reflita sobre a sua preparação

Um outro aspecto que deve ser levado em consideração é uma reflexão sobre estar preparado para novas funções. Eventualmente, quando o profissional passa por um desligamento, por mais difícil que seja o momento pode ser a hora de analisar se um investimento em novas habilidades não será necessário. Ter uma postura analítica consigo mesmo faz toda a diferença para construir profissionais mais bem preparados. Atualmente diversos cursos on-line de qualidade estão disponíveis no mercado para agregar mais habilidades na sua trajetória.

– Confiança, simpatia e pontualidade

Por fim, se você seguiu as seis dicas iniciais, certamente chegará a hora da entrevista para uma vaga. Até aqui o candidato já buscou preparação, leu muito sobre sua área, posicionou-se bem nas redes sociais e montou um currículo atrativo. Ou seja, tudo isso deverá se refletir no seu bate-papo pessoalmente. Demonstre confiança nas suas habilidades, seja simpático e extremamente pontual.

+ Tribuna Empregos: Veja todas as vagas disponíveis hoje!