Logo após os arremates da última sexta-feira, a diretoria da Associação de Criadores e Proprietários de Cavalos de Corrida do Paraná já anunciou que a dotação da 2.ª Copa ACPCCP -Turfe Paranaense, será de R$ 100 mil, tendo inclusive, já recebido inscrições, o que demonstra que o Tarumã oferece todas as condições para promoções desta natureza.

A entrega de prêmios e troféus para os finalistas da penca de domingo foi realizada no Tattersall da ACPCCP, após a confirmação da grande final, com muita festa.

Criador

Roberto Belina, presidente da Comissão de Turfe, vibrou com o desfecho da penca da última semana, pois o veloz Eldorado Dodge é de sua criação, e foi vendido em leilão. Trata-se de um filho de Dodge e Formalista (Martache).

Juvenil Criollo

O potro Juvenil Criollo demonstrou que vai dar muita satisfação à Agropastoril Ricci, pois embora tenha disparado na partida, completando o percurso, demonstrou qualidades, e perdeu o segundo para Zelador por apenas um corpo.

Chamada

Corridas no Tarumã só depois do Carnaval. A Comissão de Turfe antecipou para quinta-feira as inscrições para o dia 11. Espera-se que o número de inscrições seja suficiente para organização de bom programa de nove páreos, figurando como atração da chamada o Clássico Luiz G.A. Valente, importante corrida que marcará o início da Tríplice Coroa, devendo contar com a participação de bons produtos de 3 anos que estão sendo preparados para esta importante prova.

Outra boa atração da chamada é a Prova Especial Matias Machline, em 1.500 metros, reservado para éguas de 3 e mais anos, com pesos da Tabela 2, com descarga de dois quilos para as que não tenham obtido até o 3.º lugar nas últimas 4 apresentações, em provas especiais, clássicos e grandes prêmios. A expectativa é de que as melhores éguas em atuação no hipódromo local sejam inscritas.