Depois de três meses de disputas quentes, os jogadores da 2.ª Copa Tribuna de Futebol Society receberam uma folga neste mês por causa das férias. O evento, que neste ano reuniu mais de mil jogadores, conta com a habilidade de craques de dez escolas de futebol da Grande Curitiba. Até agora, foram três rodadas disputadas nas categorias Sub-07, 09, 11, 13, 15, 17 e feminino adulto.

José Antônio Luciano, diretor da Tcheco Mania de Bola e um dos organizadores do evento, disse à Tribuna que, no próximo final de semana, haverá uma reunião com membros da Federação de Futebol Society do Paraná (FFSP) para fazer um balanço do torneio até o momento.

“Vamos avaliar o desempenho técnico de cada equipe, quais são os jogadores de maior destaque, o time mais organizado e também saber qual a equipe mais disciplinada e entrosada em quadra”, revelou seu Zezé.

Despedida com classe

No último final de semana, foram realizadas as últimas partidas antes do recesso da Copa Tribuna. O destaque do domingo foi para os times das categorias Sub-11, 15 e 17 do Paraná Clube de Campo Magro, que venceram a maioria dos confrontos contra os craques do Blitz, na sede da AVN Sports. Já na categoria feminina, o Tricolor perdeu de lavada por 4 a 0 para as campeãs do Kill Ball.

O jogo válido pela categoria Sub-11 terminou em 3 a 1 para os paranistas, que marcaram três gols logo nos 4 minutos iniciais. Em seguida, os atletas do Blitz também fizeram o único gol da equipe.

No Sub-15 teve goleada do Paraná sobre o Blitz. Placar final: 6 a 2 para o time tricolor. Mas o jogo entre os craques mais experientes (Sub-17) do Paraná e do Morgenau terminou empatado em 4 a 4.

Ramirez, treinador do Paraná, elogiou a atuação de seus pupilos na Copa Tribuna. “Por ser a primeira vez em que participamos do campeonato acho que a galera está se saindo bem”, afirmou o técnico, que também revelou já ter enviado sete jogadores às categorias de base do Paraná Clube.

“Agradecemos a toda a equipe da Tribuna do Paraná pelo incentivo ao esporte de base. A cobertura deste tipo de categoria tem um papel fundamental para o desenvolvimento dos atletas”, disse.