Somente pouco menos de cinco horas antes do apito inicial da partida entre Grêmio e Caracas, nesta noite, pela Copa Libertadores, é que a prefeitura de Porto Alegre publicou nota em seu site oficial anunciando a liberação da Arena Grêmio para receber a partida. A autorização para que o estádio receba eventos públicos vale somente até 30 de abril.

De acordo com a prefeitura porto-alegrense, técnicos da secretaria municipal de Urbanismo (Smurb) voltaram nesta terça-feira à Arena Grêmio para verificar as correções aos 21 quesitos que, segundo o relatório elaborado a partir da vistoria de duas semanas atrás, ainda não estavam de acordo com o projeto original.

A equipe já havia ido ao estádio na segunda-feira, mas tiveram que repetir a visita nesta terça-feira à tarde. Agora a Arena está liberada provisoriamente até 30 de abril. Depois disso, o Grêmio vai precisar do Habite-se para poder jogar no local. Até lá, o clube, a construtora OAS e a administradora da Arena devem definir o destino a ser dado à área onde era realizada a avalanche.

 

Caso opte pela colocação de cadeiras, a OAS terá de retirar os degraus intermediários colocados naquela arquibancada. Já para a instalação das barras anti-esmagamento, com a manutenção dos lugares em pé, será necessária a aprovação de um novo projeto, junto à prefeitura.