ABC e Goiás fizeram nesta terça-feira o duelo pela liderança do Campeonato Brasileiro da Série B. Empurrado pela torcida, o clube potiguar levou a melhor e venceu por 2 a 0, no estádio Frasqueirão, em Natal, na abertura da quarta rodada, e assumiu a ponta da tabela, pelo menos provisoriamente. O lateral-direito Nego e o atacante Elionar Bombinha fizeram os gols da vitória.

Ainda invicto na Série B, o ABC chegou aos oito pontos e roubou a liderança do Sport, que soma um ponto a menos. O Goiás, por sua vez, caiu para o quarto lugar, com seis pontos. O clube potiguar foi beneficiado com o adiamento do jogo entre São Caetano e Ponte Preta, em virtude da falta de energia no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul. Se vencesse, o time campineiro ficaria na liderança. Este jogo será realizado nesta quarta à noite.

O ABC teve mais presença no ataque no primeiro tempo, mas não conseguiu balançar as redes do Goiás, esbarrando no experiente goleiro Harlei. Na etapa final, os anfitriões seguiram melhor e saíram na frente aos 11 minutos. Tiago Garça cobrou falta da intermediária, a bola desviou na barreira e sobrou para Elionar Bombinha, que chutou em cima de Harlei. No rebote, Nego mandou para o fundo das redes.

O gol empolgou o ABC, que seguiu no ataque e ampliou logo depois. Aos 14 minutos, Renatinho Potiguar invadiu a área pela esquerda e foi derrubado por Oziel. O árbitro paraibano João Bosco Sátiro da Nóbrega marcou pênalti e ainda expulsou o lateral-direito do Goiás. Elionar Bombinha foi para a cobrança e bateu no canto direito de Harlei, que não evitou o gol.

ABC e Goiás voltam a campo na próxima terça, pela quinta rodada da Série B. O Goiás recebe o Paraná, às 19h30, em Goiânia, enquanto que o time potiguar vai até Salvador encarar o Vitória, às 21h50, no Barradão.

Ficha técnica

ABC 2 x 0 Goiás

ABC – Wellington; Nego, Tiago Garça, Alessandro Lopes e Renatinho Potiguar; Basílio, Marcus Vinícius, Bileu (Ricardo Oliveira) e Cascata (Diego Barboz); Malaquias e Elionar Bombinha (Rafael Martins). Técnico: Leandro Campos.

Goiás – Harlei; Marcão (Valmir Lucas), Rafael Tolói e Ernando; Oziel, Amaral, Diniz (Robert), Marcelo Costa e Digão; Felipe Amorim e Guto (Hugo). Técnico: Artur Neto.

Gols – Nego, aos 11, e Elionar Bombinha (pênalti), aos 15 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Bileu, Nego e Basílio (ABC); Guto, Marcão e Digão (Goiás).

Cartão vermelho – Oziel (Goiás).

Árbitro – João Bosco Sátiro da Nóbrega (PB).

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio Fraqueirão, em Natal (RN).