O técnico Abel Braga aprovou a atuação do Fluminense na vitória por 3 a 1 sobre o Olaria, na noite de quinta-feira, no Engenhão, pela segunda rodada da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. Porém, o treinador reclamou da postura da equipe, que diminuiu o ritmo após abrir 3 a 0 e chegou a ser pressionada pelo adversário.

“Nós jogamos 60 minutos, 30 do primeiro tempo e mais 30 do segundo”, disse.

“Oferecemos um gol e levamos um sufoco desnecessário no fim, mas são situações absolutamente normais”, completou Abel, avaliando que o saldo da segunda vitória do time na temporada foi positivo.

O Fluminense realizou o seu planejamento para o primeiro semestre pensando na disputa da Libertadores, mas o treinador garantiu que a equipe também vai lutar pelo título estadual. “Que a Libertadores é a nossa prioridade é obvio. O objetivo é ser campeão carioca. É jogar e ganhar. O ritmo é importante porque todos vão jogar e a temporada é muito desgastante”, afirmou.

Com a vitória, o Fluminense chegou ocupa a liderança do Grupo B da Taça Guanabara, com seis pontos, dois a mais do que Flamengo e Audax. A equipe volta a entrar em campo neste domingo, quando vai enfrentar o Botafogo, no Engenhão, às 19h30. Abel comemorou a vantagem do time e avisou que mais titulares serão utilizados no clássico.

“Uma vantagem de dois pontos em duas rodadas é muito bom. O Carlinhos voltará e o Diego Cavalieri provavelmente também. As opções hoje, inclusive a troca do Nem com o Thiago, foi dada pela preparação física. Gostei de ambos e os 45 minutos deram um ritmo legal para o clássico”, disse.

O volante Jean apostou que o clássico entre Fluminense e Botafogo será um ótimo jogo. “São duas equipes fortes. O Botafogo está mais acertado por já usar o time todo titular. Mas nós estamos vindo de duas vitória, o que nos dá mais confiança, mais experiência. Acredito que será um grande jogo”, disse.