O Ministério do Esporte aproveitou a realização do GP do Brasil de Fórmula 1 para fazer campanha em Interlagos pela candidatura olímpica do Rio. A idéia é promover a cidade brasileira, que concorre com Tóquio (Japão), Chicago (Estados Unidos) e Madri (Espanha) na eleição para sede da Olimpíada de 2016.

Além do público presente no autódromo, a ação promocional tenta atingir os cerca de 380 milhões de telespectadores, em mais de 140 países, que devem acompanhar a corrida de domingo pela TV. Para isso, foram colocadas placas publicitárias ao longo da pista, enquanto os telões de Interlagos mostrarão um vídeo de 1 minuto, 20 vezes por dia, sobre a candidatura do Rio.

“O País que organiza com reconhecida competência o Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1 quer mostrar ao mundo que será um anfitrião à altura da magnitude da Olimpíada, do mesmo modo que recepciona com brilhantismo os apaixonados pela velocidade nestes três dias de emoção da prova em Interlagos”, afirmou o ministro do Esporte, Orlando Silva, que irá ao autódromo em São Paulo neste fim de semana.