O Tottenham teve trabalho, mas conseguiu uma suada classificação para as oitavas de final da Liga Europa. Nesta quinta-feira, saiu perdendo do Dnipro, da Ucrânia, e precisou virar para 3 a 1 e conseguir o placar mínimo para avançar na competição e pegar o Benfica, atual vice-campeão, nos dias 13 e 20 de março.

Depois de derrota por 1 a 0 na Ucrânia, o Tottenham escalou praticamente força máxima nesta quinta-feira em casa, em Londres, mas saiu perdendo. Zozulya marcou aos 3 minutos do segundo tempo. A virada começou aos 11, com Eriksen. Pouco depois, Zozulya foi expulso e deixou o Dnipro com um a menos.

Aí começou a brilhar o togolês Adebayor. O atacante virou a partida aos 20 minutos e fez também o terceiro gol, aos 24, mostrando todo seu talento. Antecipou-se ao zagueiro, matou a bola bonito e fuzilou o goleiro Boyko. Nos minutos finais o Dnipro pressionou, mas parou em grandes defesas de Lloris, principalmente numa falta cobrada aos 48, no cantinho.

Já o Benfica não teve trabalho para avançar. Em casa, venceu o Paok, da Grécia, por 3 a 0, chegando a um agregado de 4 a 0. O argentino Gaitán, o sérvio Markovic e o brasileiro Lima fizeram os gols do jogo, todos depois dos 24 minutos do segundo tempo, quando Katsouranis foi expulso e deixou os gregos com um a menos.

JUVENTUS – Outro favorito que avançou, este com extrema facilidade, foi a Juventus. Depois de vencer por 2 a 0 fora de casa, nesta quinta-feira os italianos foram até a Turquia e repetiram o placar sobre o Trabzonspor. O chileno Arturo Vidal e o argentino naturalizado italiano Pablo Osvaldo marcaram os gols da vitória.

Nas oitavas de final, a Juventus vai fazer um clássico italiano, uma vez que enfrentará a Fiorentina, com o time de Florença tendo a vantagem de definir o confronto em casa. Vale lembrar que a Liga Europa terá sua final na Arena Juventus, o que serve de incentivo extra para os comandados de Antonio Conte.

Para chegar às oitavas de final, a Fiorentina empatou com o Esbjerg, da Dinamarca, por 1 a 1, nesta quinta. Como havia ganhado por 3 a 1 fora de casa, os florentinos utilizaram um time misto em casa, com o brasileiro Ryder Matos entre os escolhidos pelo técnico Vincenzo Montella.

OUTROS JOGOS – Depois de um empate sem gols na Ucrânia, o Lyon contou com um gol de Lacazette, seu camisa 10, para vencer o Chornomorets Odessa, por 1 a 0, e avançar às oitavas. Na próxima rodada, é favorito contra o Viktoria Plzen, que vai decidir na República Checa e eliminou o Shakhtar Donetsk, mais cedo.

Dos bons confrontos das oitavas de final da Liga Europa, o que menos deve atrair atenção vai reunir Anzhi e Az Alkmaar. Os russos, lanternas do campeonato local depois que perderam seu mecenas, avançaram depois de fazer 2 a 0 no Genk, na Bélgica. Já os holandeses empataram em 1 a 1 com o Slovan Liberec, da República Checa, em casa, e avançaram pela vitória por 1 a 0 na ida.

ACOMPANHE OS JOGOS DAS OITAVAS DE FINAL (ORDEM DO JOGO DE IDA).

Az Alkmaar (Holanda) x Anzhi (Rússia)

Ludogorets (Bulgária) x Valencia (Espanha)

Porto (Portugal) x Napoli (Itália)

Lyon (França) x Viktoria Plzen (Rep. Checa)

Sevilla (Espanha) x Betis (Espanha)

Tottenham (Inglaterra) x Benfica (Portugal)

Basel (Suíça) x Red Bull Salzburg (Áustria)

Juventus (Itália) x Fiorentina (Itália)