A cheia do Iguaçu garante emoção na
descida do rio na região de Balsa Nova.

Tudo pronto para o maior desafio da temporada no Circuito Paranaense de Corridas de Aventura. A disputa da Etapa Itambé/Caminhos de Balsa Nova promete ser uma das mais exigentes do ano. Além das seguidas “armadilhas” na orientação, modalidade fundamental para corridas de aventura, as equipes terão que enfrentar grandes oscilações no acidentado terreno escolhido pela direção da prova, que variam de 820m a 1.200m de altitude, entre o Primeiro e Segundo planaltos do Paraná.

A largada será às 10h, em frente à fábrica da Companhia de Cimento Itambé, em Balsa Nova (com acesso pela BR-277), para as duas categorias: Expedição e Aventura. Atletas e equipes da Expedição terão os primeiros 15,5 km de mountain bike, até alcançar a primeira AT-1 (área de transição), no cruzamento da estrada que sobe ao Cerro Purunã. Neste ponto, as equipes se separam: metade segue de bike (percurso de 4,5 km), enquanto a outra metade enfrenta uma pernada de 7 km, por caminhos diferentes. O reencontro se dá na AT-2, na vila São Luiz do Purunã, quando voltam ao trekking, com 8,5 km, até alcançar a Fazenda do Clube Thalia, no alto da Serra dos Capados.

Do Thalia, eles retomam o pedal, para outros 15,7 km de bike, até alcançar Balsa Nova. Na sede do município, as equipes realizarão a ação ambiental, com o plantio de mudas no Parque Municipal, e então se dirigem à base náutica da Petrobras, onde estará a AT-4, para assumir os remos, descendo o Rio Iguaçu, onde comandam os duks (embarcações infláveis para dois competidores). Serão cerca de 8,5 km. Depois pegam suas bikes e pedalam mais 15,5 km e alcançam a Igreja do Distrito do Bugre.

Na fase final da prova, as equipes realizam o último trecho de trekking, passando por aproximadamente 12 km de trilhas, até chegarem novamente à fábrica da Itambé.

Na categoria Aventura, será seguido o mesmo roteiro até a Fazenda do Thalia. A partir do alto da Serra dos Capados, as duplas seguem direto para o fim da sua prova, com um trecho final de trekking de aproximadamente 12 km.

A estimativa da direção de prova é de que os primeiros times concluam a prova em no máximo seis horas. A premiação acontece por volta das 18h, quando serão premiados também os campeões da temporada.