Weggis – Um jogador da seleção que pode mudar de clube após a Copa do Mundo, mas dificilmente teria acréscimo no atual salário, é o atacante Adriano, da Internazionale de Milão. Ele revelou ontem que deixou claro aos cartolas do clube que só permanece na equipe se a diretoria trouxer jogadores dispostos a ganhar.

?Sou jogador da Inter e quero voltar a jogar lá. Mas deixei claro que, se algumas coisas não mudarem, posso pensar em sair?, disse Adriano. Na última temporada, o atacante titular da seleção brasileira não foi bem pelo clube italiano e recebeu críticas dos torcedores e da imprensa.

Ele admite, no entanto, que sua saída seria difícil. ?O clube tem confiança em mim e dei minha palavra a eles que não sairia enquanto não vencesse um campeonato?, explicou Adriano. ?Mas espero, depois da Copa, ver o time com novos jogadores, que queiram vencer. Caso contrário, ficaria difícil.?

A Inter ficou longe da campeã Juventus na última edição do Campeonato Italiano e não conseguiu chegar à final da Copa dos Campeões da Europa – foi eliminada pelo Villarreal, nas quartas-de-final. ?Depois da nossa eliminação na Copa dos Campeões, bati boca com Verón (colega de equipe)?, contou Adriano. A equipe chegou a vencer a Copa da Itália, mas a conquista amenizou pouco a ira da torcida.

Edmilson

O zagueiro Edmilson tirou 20% do menisco do joelho direito. O ortopedista René Abdalla, que o operou quinta-feira no Hospital do Coração, em São Paulo, garantiu que com 80% do menisco seu joelho terá a mesma movimentação que antes da contusão.