O técnico Dunga convocou nesta quinta-feira a seleção brasileira para os jogos contra Argentina, em 5 de setembro, e Chile, no dia 9, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo. A principal novidade da lista divulgada pelo treinador foi a presença do atacante Adriano, do Flamengo.

Adriano ainda não havia sido chamado por Dunga desde que deixou a Inter de Milão, anunciou a interrupção da sua carreira e depois acertou seu retorno para o Flamengo. Em boa fase no time carioca, o centroavante é um dos artilheiros do Campeonato Brasileiro, com dez gols.

A relação ainda tem outras novidades. O goleiro Victor, do Grêmio, que não havia sido chamado para o amistoso contra a Estônia voltou a ser convocado. O volante Lucas, do Liverpool, também foi lembrado por Dunga. Ele foi chamado para a vaga que vinha sendo ocupada por Kleberson, que se machucou no jogo contra a Estônia e só deve voltar aos gramados no próximo ano.

Dunga praticamente manteve a lista de jogadores convocados para o último compromisso da seleção. Assim, o lateral-esquerdo Filipe, que havia sido chamado para substituir o contundido Marcelo, voltou a ser convocado. O lateral do Real Madrid, que teve que ser cortado do último amistoso por conta de uma lesão, o goleiro Gomes, o atacante Diego Tardelli e o volante Kleberson foram os únicos jogadores chamados para o jogo com a Estônia que ficaram fora da lista para as partidas contra Argentina e Chile.

O Brasil está na liderança das Eliminatórias Sul-Americanas com 27 pontos. Os quatro primeiros se classificam para a Copa do Mundo de 2010 e o quinto colocado disputa uma vaga na repescagem com um representante da Concacaf.

Por isso, uma vitória contra os argentinos em Rosário pode deixar a seleção brasileira muito perto da Copa do Mundo. Mas a tarefa será complicada, já que o time de Diego Maradona precisa vencer para afastar o risco de ficar fora do Mundial. O duelo contra o Chile será realizado no Estádio de Pituaçu, em Salvador.

Confira os 22 convocados para os jogos pelas Eliminatórias:

Goleiros:

Julio César (Inter de Milão)

Victor (Grêmio)

Laterais:

Daniel Alves (Barcelona)

André Santos (Fenerbahçe)

Maicon (Inter de Milão)

Filipe (Deportivo La Coruña)

Zagueiros:

Lúcio (Inter de Milão)

Juan (Roma)

Luisão (Benfica)

Miranda (São Paulo)

Meio-campistas:

Felipe Melo (Juventus)

Elano (Galatasaray)

Gilberto Silva (Panathinaikos)

Josué (Wolfsburg)

Julio Baptista (Roma)

Kaká (Real Madrid)

Lucas (Liverpool)

Ramires (Benfica)

Atacantes:

Robinho (Manchester City)

Adriano (Flamengo)

Luis Fabiano (Sevilla)

Nilmar (Villarreal)