Não houve maiores surpresas nas primeiras colocações da corrida feminina de São Silvestre em 2012. As atletas africanas dominaram
de ponta a ponta, e a queniana Maurine Kipchumba, contratada pelo Cruzeiro, destoou das concorrentes para faturar o quarto título seguido do país entre as mulheres. Desde o início, o pelotão de elite da África já disparou na liderança. Kipchumba, 24 anos, não teve adversárias: já na subida da Av. Brigadeiro, considerada a porção crucial do trajeto, a atleta estava muito à frente das demais e confirmou
sem problemas o triunfo.

A segunda colocação ficou com a tanzaniana Jackline Shakilu, enquanto outra atleta do Quênia chegou em terceiro: Rumokol Chepkanan. A primeira não-africana foi a brasileira Tatiele Carvalho, no sexto lugar.

A corrida

O pelotão de frente foi dominado pelas africanas desde o começo. A brasileira Tatiele Carvalho tentou se intrometer na disputa, sem sucesso. Marily dos Santos chegou a se desgarrar nas imediações do Estádio do Pacaembu, mas foi rapidamente alcançada.

Primeiras colocadas

1 – Maurine Jelagat Kipchumba (Quênia): 51min42s
2 – Jackline Juma Sakilu (Tanzânia): 52min11s
3 – Rumokol Elizabeh Chepkanan (Quênia): 52min50s
4 – Fekede Almaz Negede (Etiópia): 53min36s
5 – Anastazia Msandai Ghamaa (Tanzânia): 53min42s