A Agência Mundial Antidoping (AMA) incluiu três novos estimulantes benfluorex, prenilamina e metil-hexanamida na lista de substâncias proibidas para 2010. A relação, que se torna válida a partir do próximo dia 1.º de janeiro, determina que a presença máxima de pseudoefredina será de 150 microgramas por mililitro na urina.

Além disso, para o uso dos broncodilatadores saibutamol e saimeterol será encessária uma declaração por parte do esportista e do chefe do departamento médico durante um controle de doping.

Sobre a situação dos preparados derivados de plaquetas, a AMA esclareceu que estes estão proibidos quando usados por via intramuscular, e que outra forma de consumo requererá apenas uma declaração do uso.