Ainda sem poder contar com o atacante brasileiro Diego Costa, que só não foi convocado por questões burocráticas de documentação, o técnico Vicente del Bosque confirmou nesta sexta-feira uma lista de 23 jogadores chamados para defender a Espanha nos confrontos diante de Bielo-Rússia e Geórgia, pelas Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2014.

A Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) anunciou oficialmente na última quinta-feira que Diego Costa, do Atlético de Madrid, conversou com Del Bosque e que o treinador está disposto a chamar o jogador para seleção assim que a CBF enviar um certificado, comprovando que o atleta nunca disputou uma partida oficial pela seleção brasileira. O documento será repassado à Fifa, que permite que um jogador atue por mais de uma seleção desde que nunca tenha disputado uma competição oficial com a camisa do seu país anteriormente, o caso de Diego Costa.

Sem ainda poder contar com o brasileiro, chamado por Felipão para defender a seleção nacional apenas em dois amistosos anteriormente e que possui cidadania espanhola, Del Bosque incluiu em sua convocação o atacante David Villa, companheiro de Diego Costa no Atlético de Madrid.

Del Bosque, porém, não escapou de comentar sobre Diego Costa na entrevista coletiva que deu nesta sexta, na qual ratificou a sua intenção de passar a contar com o brasileiro em breve. “Ele tem boas intenções e bom sentimento com um país que o acolheu. Ele quer jogar conosco. Ninguém pode escolher onde nasce. As obrigações para jogar na seleção, ele cumpre. Espero que possa estar conosco”, enfatizou.

Além de Diego Costa, outro que ficou fora desta lista de convocados foi o atacante Fernando Torres, do Chelsea, que está lesionado. Já o meia Juan Mata, companheiro de Torres na equipe de Londres, voltou a ser chamado. O lateral Alberto Moreno, do Sevilla, foi outra novidade desta lista, assim como o meia Koke, do Atlético de Madrid, ganhou nova chance após estrear bem pela seleção no último amistoso diante do Equador.

A Espanha enfrentará a Bielo-Rússia nesta sexta-feira, em Mallorca, e quatro dias depois pegará a Geórgia, em Albacete. O país lidera o Grupo I das Eliminatórias Europeus, empatado com a França, mas com um jogo a menos que os franceses até aqui.

Confira a lista de convocados da Espanha:

Goleiros: Iker Casillas (Real Madrid), Victor Valdés (Barcelona) e Pepe Reina (Napoli).

Defensores: Juanfran Torres (Atlético de Madrid), Gerard Piqué (Barcelona), Álvaro Arbeloa (Real Madrid), Sergio Ramos (Real Madrid), Raúl Albiol (Napoli), Ignacio Monreal (Arsenal) e Alberto Moreno (Sevilla).

Meio-campistas: Jorge “Koke” Resurrección (Atlético de Madrid), Mario Suárez

(Atlético de Madrid), Sergio Busquets (Barcelona), Xavi Hernández (Barcelona), Andrés Iniesta (Barcelona), Cesc Fàbregas (Barcelona), Jesús Navas (Manchester City), David Silva (Manchester City) e Francisco “Isco” Alarcón (Real Madrid).

Atacantes: David Villa (Atlético de Madrid); Juan Mata (Chelsea), Álvaro Negredo (Manchester City) e Pedro Rodríguez (Barcelona).