A Alemanha faz hoje sua primeira partida na Copa hoje, em Sapporo, contra a Arábia Saudita. Com muitos de seus principais jogadores fora do Mundial por causa de contusões – casos de Nowotny, Zickler e Babbel -, os alemães não tem grandes pretensões nesta Copa. Mas é uma seleção que costuma aprontar quando não está entre as mais cotadas. A Arábia, que disputa seu terceiro Mundial seguido, espera fazer uma campanha ainda melhor que a da Copa de 1994, quando chegou às oitavas-de-final.

Com o meia Ballack, principal jogador do time, confirmado o técnico Rudi Völler prometeu colocar a equipe no ataque. Segundo o treinador, essa foi a principal característica dos alemães nos últimos amistosos.

Na seleção da Arábia Saudita a principal estrela do grupo, o atacante Sami al Jaber, diz que os sauditas estão prontos para surpreender: “Estamos bem fisicamente e vamos tentar fazer o nosso jogo.” O goleiro Al-Deayea, que está a três jogos de ser o jogador que mais vezes foi capitão de uma seleção nacional, também está muito confiante: “Não temos medo da Alemanha e de nenhuma outra seleção. Não será difícil vencer a Alemanha, pois eles não são tão fortes como eram”, disse Al-Deayea.

Ficha Técnica

Local: Cúpula de Sapporo (Japão). Horário: 8h30 (de Brasília). Árbitro: Ubaldo Aquino (PAR). Assistentes: Miguel Giacomuzzi (PAR) e Michael Ragoonath (TR&T). Alemanha: Kahn, Metzelder, Ramelow e Linke; Frings, Schneider, Hamann, Ballack e Ziege; Jancker e Klose. Técnico: Rudi Völler. Arábia Saudita: Al-Deayea, Tukar, Zubromawi, Ahmed Al-Dossari e Al-Solaimani; Noor, Khamis Al-Dossari, Al-Temyat e Al-Ghamdi; Al-Jaber e Yami. Técnico: Nasser Al-Johar.