Não importa que Cristiano Ronaldo esteja em fase de recuperação de uma lesão muscular e de uma tendinite no joelho esquerdo. A Alemanha está se preparando para enfrentar, na próxima segunda-feira, o jogador que em janeiro foi eleito o melhor do mundo em 2013. Encarar a seleção portuguesa sem o seu maior astro é um presente que os alemães não estão esperando receber.

Hans-Dieter Flick, o auxiliar do técnico Joachim Löw na seleção alemã, contou que sua equipe não pensa em Portugal sem pensar em Cristiano Ronaldo. E comparou a situação do craque do Real Madrid à do goleiro Manuel Neuer, titular da Alemanha, que se recupera de uma lesão de ombro e ainda não tem presença confirmada no jogo de segunda-feira em Salvador.

“Neuer continua fazendo fisioterapia e nossa ideia é que ele esteja pronto para nossa estreia na Copa do Mundo”, afirmou Flick. “A situação de Cristiano Ronaldo pode ser comparada à de Neuer. Acredito que ele também estará pronto para a estreia.”

Como é praxe no mundo do futebol, todos os integrantes da comissão técnica da Alemanha fazem questão de dizer que o time de Portugal continuará sendo forte mesmo que não conte com seu melhor jogador. Mas o respeito – ou talvez até temor – despertado pela figura de Cristiano Ronaldo é impressionante. “Não foi à toa que ele foi considerado o melhor jogador do mundo. Trata-se de alguém que tem a capacidade de decidir qualquer partida”, disse Flick.