O técnico Joachim Low convocou nesta quinta-feira a seleção da Alemanha para o amistoso contra o Brasil, que será disputado no dia 10 de agosto, na cidade de Stuttgart. A lista manteve a base da equipe, mas a relação tem as ausências significativas dos meio-campistas Mesut Ozil e Sami Khedira, ambos do Real Madrid.

Ozil e Khedira estão em pré-temporada com o clube espanhol, que excursiona pelos Estados Unidos e pela China. Assim, Low decidiu dar um descanso aos dois jogadores. O treinador também não chamou o zagueiro Per Mertesacker, que voltou a jogar pelo Werder Bremen após longo período de afastamento dos gramados.

Cacau, que é brasileiro, mas se naturalizou alemão, foi convocado pela primeira vez para defender a seleção desde o fim de 2010. E a principal novidade da convocação foi o meio-campista Ilkay Gundogan, de apenas 20 anos, que é de origem turca, assim como Ozil.

O jogador trocou o Nuremberg pelo Borussia Dortmund, atual campeão alemão, após o encerramento da temporada 2010/2011. “Eu decidi há muito tempo que iria jogar pela Alemanha”, disse Gundogan, que poderia ter escolhido jogar pela Turquia. “É uma boa oportunidade para conhecê-lo no início da temporada europeia”, afirmou Low.

O amistoso contra o Brasil poderia marcar a despedida do meia Michael Ballack da seleção alemã, mas o jogador recusou o convite de Low para o confronto, que reunirá seleções que já conquistaram, juntas, oito títulos mundiais.

Confira a lista de convocados da seleção da Alemanha:

Goleiros: Manuel Neuer (Bayern Munique) e Tim Wiese (Werder Bremen).

Defensores: Dennis Aogo (Hamburg), Holger Badstuber (Bayern Munique), Jérôme Boateng (Bayern Munique), Benedikt Höwedes (Schalke 04), Mats Hummels (Borussia Dortmund), Philipp Lahm (Bayern Munique) e Christian Trasch (Wolfsburg).

Meio-campistas: Sven Bender (Borussia Dortmund), Cacau (Stuttgart), Mario Götze (Borussia Dortmund), Ilkay Gundogan (Borussia Dortmund), Toni Kroos (Bayern Munique), Thomas Müller (Bayern Munique), Lukas Podolski (Köln), Marco Reus (Borussia Mönchengladbach), Simon Rolfes (Bayer Leverkusen), André Schürrle (Bayer Leverkusen) e Bastian Schweinsteiger (Bayern Munique).

Atacantes: Mario Gómez (Bayern Munique) e Miroslav Klose (Lazio/Itália).