A Alemanha venceu o Azerbaijão por 3 a 1, nesta terça-feira, em Baku, e ficou muito próxima de assegurar sua classificação para a próxima edição da Eurocopa, que será realizada no ano que vem na Ucrânia e na Polônia. Com o resultado obtido na casa do adversário, a seleção alemã disparou ainda mais no Grupo A das Eliminatórias da competição, com 21 pontos e 100% de aproveitamento em sete jogos até aqui.

A segunda colocada da chave é a Bélgica, que tem 11 pontos, mas que também já disputou sete jogos e nem pode mais alcançar a Alemanha. Apenas a Turquia, com dez pontos e seis partidas realizadas, tem chances apenas matemáticas de fechar o grupo à frente dos alemães.

Apenas os líderes dos nove grupos das Eliminatórias da Eurocopa se classificam diretamente para a próxima edição do torneio continental, além do melhor segundo colocado de todas as chaves. Já os outros oito vice-líderes disputarão uma repescagem, que dará vagas para mais quatro seleções. Estas, no caso, se juntarão a poloneses e ucranianos, classificados por antecipação por serem sedes da competição, e fecharão o grupo de 16 países que lutarão pelo título do Velho Continente.

Nesta terça, o meia Ozil, do Real Madrid, abriu o placar aos 30 minutos do primeiro tempo. Em seguida, aos 41, Mario Gomez ampliou para 2 a 0. O Azerbaijão ensaiou uma reação no final do jogo ao descontar com um gol de Huseynov aos 44 minutos da etapa derradeira, mas Schurrle, aos 48, decretou o 3 a 1 no marcador.

Virtualmente classificada para a Eurocopa, a Alemanha voltará a campo agora pelas Eliminatórias da competição no próximo dia 2 de setembro, quando enfrentará a Áustria, em casa. No mesmo dia, a Turquia receberá o Casaquistão em seus domínios, enquanto o Azerbaijão voltará a atuar em seu país, mas desta vez contra a Bélgica.