Os brasileiros Alison e Emanuel foram eliminados nesta sexta-feira da etapa de Gstaad do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, realizada na Suíça. Os vice-líderes do ranking mundial perderam na repescagem para os norte-americanos Keenan e Jennings por 2 sets a 0, parciais de 21/16 e 21/18.

Na última rodada de grupos, a parceria já havia sido derrotada pelos norte-americanos Keenan e Jennings, por 2 sets a 0, (21/15 e 21/17). Outras três duplas brasileiras tiveram melhor sorte e se classificaram para as oitavas de final da competição. No último jogo da primeira fase, Márcio e Ricardo derrotaram os canadenses Redmann e Van Huizen por 2 sets a 0, parciais de 21/14 e 21/15, passando diretamente para a próxima etapa.

“Estamos fazendo uma ótima campanha e conseguindo manter um ritmo forte desde o country-cota (classificatório para o qualifying), na terça-feira. Foi importante ir direto às oitavas, pois assim evitamos mais uma partida. Agora, vamos entrar na fase mais importante da competição e este momento merece atenção redobrada para seguirmos avançando”, afirma Márcio.

Já Pedro Cunha e Thiago tiveram que fazer um caminho mais longo. No encerramento do estágio de grupos, eles superaram os letões Plavins e Smedins por 2 sets a 0 (25/23 e 21/16). Porém, o triunfo não foi suficiente para garantir a liderança da chave e assim a dupla teve que jogar a repescagem contra os checos Benes e Kubala. Diante dos europeus, uma outra vitória, mas dessa vez foi por 2 sets a 1 (19/21, 21/16 e 15/11).

Pedro Solberg e Harley, que estavam invictos no campeonato, perderam na última rodada para os russos Koshkarev e Kolodinsky por 18/21 e 16/21. Eles se recuperaram na repescagem ao vencerem dos alemães Erdmann e Matysik, por 2 sets a 0 (21/19 e 21/18).