Thiago Alves se tornou, nesta sexta-feira, o único tenista brasileiro a conseguir passar pelo torneio qualificatório desta edição de Roland Garros, segundo Grand Slam do ano, que começa no próximo domingo. Ele obteve o feito ao vencer o croata Antonio Veic por 2 sets a 1, de virada, na rodada final do qualifying em Paris.

O brasileiro chegou a ser derrotado por 6/1 no primeiro set, mas venceu as parciais seguintes por 6/4 e 6/3 para assegurar um lugar na chave principal em Paris, após 1h49min de partida.

Esta será a segunda vez que Thiago Alves entrou no grupo de 128 tenistas da chave principal de Roland Garros. Atual 108.º do ranking da ATP, ele havia obtido o feito no ano passado, quando foi derrotado na última rodada do torneio qualificatório, mas contou com a desistência de um dos participantes.

HOCEVAR CAI – Se Thiago Alves festejou mais uma participação na chave principal de Roland Garros, o compatriota Ricardo Hocevar lamentou, nesta sexta-feira, a sua eliminação na última rodada do qualifying.

Número 201.º do ranking mundial, ele fracassou na tentativa de entrar pela primeira vez na chave principal de Paris ao ser derrotado pelo norte-americano Michael Yani por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3, após 1h06min de confronto.

Anteriormente, Hocevar venceu as duas primeiras partidas do qualificatório e buscava a sua segunda participação seguida em um Grand Slam. Em janeiro, ele disputou a chave principal do Aberto da Austrália, onde estreou na primeira rodada contra o astro local Lleyton Hewitt, ex-número 1 do mundo.

Além de Hocevar, João Souza, o Feijão, Marcos Daniel, Caio Zampieri e Júlio Silva foram eliminados no qualificatório deste ano em Roland Garros. Com isso, o Brasil terá apenas Thomaz Bellucci, Ricardo Mello e Thiago Alves na chave principal.