Os mil atletas que irão participar da 2.ª Corrida Cultural do Rebouças, amanhã, vão poder aproveitar para conhecer um trajeto importante para a economia e a cultura de Curitiba, além de exercitarem o físico pelos 10 km de percurso. A prova, organizada pela Associação Pro Correr de Incentivo ao Esporte, passa pelo primeiro pólo industrial da capital, que reúne fábricas como a Matte Leão, a AmBev, grande nome dos fabricantes de cerveja, e a Swedish Match, empresa suíça do ramo de produção de fósforos. Conhecidas pelo seu grande porte atualmente, estas fábricas começaram a se instalar em Curitiba no início do século XX, quando ainda eram pequenos empreendimentos. A AmBev, por exemplo, surgiu a partir da Cervejaria Atlântica, fundada em 1901, que se transformou na marca Brahma no ano de 1941 e somente em 1999 deu origem à fusão com outras produtoras de cerveja que culminou na fundação da AmBev. Os participantes da prova vão contar com o acompanhamento de equipes médicas e professores de educação física durante a viagem pela história de Curitiba.

Trajeto

Largada: Avenida Getúlio Vargas esquina com a Rua Piquiri, Rua Dario L. dos Santos, Rua Engenheiro Rebouças, Rua João Negrão, Rua Chile, Avenida Água Verde, Rua Saint Hilarie, Rua Brasílio Itiberê, Rua Rockfeller, Avenida Getúlio Vargas, Rua João Negrão.

Chegada: Rua Engenheiro Rebouças, esquina com Rua Piquiri.