Na sua primeira temporada fora do Milan depois de uma década de meia de serviços ininterruptos com a camisa rubro-negra, Ambrosini fez o primeiro gol dele pela Fiorentina. Nesta quinta-feira, o veterano de 36 anos marcou o gol da vitória por 2 a 1 sobre o Dnipro, na Ucrânia, pela segunda rodada da fase de grupos da Liga Europa.

Com Giuseppe Rossi e Mario Gomez machucados, a Fiorentina contou com o brasileiro Ryder Matos, ex-Bahia, no ataque titular. Mas quem abriu o placar foi o argentino Gonzalo Rodríguez, de pênalti. Também de pênalti, Seleznyov empatou. Ambrosini decidiu o jogo a 17 minutos do fim. Com o resultado, o time do técnico Vicenzo Montella lidera o Grupo E com seis pontos.

Outros brasileiros, porém, deixaram suas marcas. Ex-Fluminense, o atacante Allan fez os dois gols da vitória do Red Bull Salzburg, da Áustria, sobre o Esbjerg, da Dinamarca, pelo Grupo C. Jussiê, ex-Cruzeiro, abriu o placar para o Bordeaux, mas o time francês levou a virada em casa do Maccabi Tel-Aviv, por 2 a 1. Na temporada, o Bordeaux já fez 11 jogos. Só venceu um.

Ex-jogador do Bragantino, Juninho Quixadá abriu o placar para a vitória do Ludogorets, da Bulgária, por 3 a 1, sobre o Dínamo Zagreb, da Croácia. Marcos Tavares deixou o dele, mas o Maribor, da Eslovênia, perdeu do Wigan na Inglaterra.

No País de Gales, o Swansea City, que representa a Inglaterra, venceu o St. Gallen, da Suíça, por 1 a 0 pelo Grupo A. Na Ucrânia, o PSV venceu o Chornomorets Odessa por 2 a 0. Na Suécia, Elfsborg e Standard Liège (Bélgica) empataram por 1 a 1.

Para fechar a rodada, a Liga Europa ainda teve empate em 1 a 1 entre Paços Ferreira (Portugal) e Pandurii Targu Jiu (Romênia) e vitória de 3 a 0 do Eintracht Frankfurt sobre o APOEL, no Chipre.