Entrar em uma competição como favorito nem sempre significa sucesso ao final, mas se depender das atuações de América-MG e Bahia, na tarde deste sábado, o acesso não devem passar longe destes dois times. Ambos se enfrentaram no Estádio Independência, em Belo Horizonte, e empataram por 1 a 1, criando diversas chances de gols na primeira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, os dois times iniciam a competição somando um ponto cada e estão empatados na oitava colocação. Mesmo atuando fora de casa, o Bahia começou melhor e não demorou para abrir o placar. Logo aos nove minutos, Zé Roberto fez grande jogada pela direita e levantou para dentro da área. O zagueiro Wesley Matos foi tentar afastar e, depois de escorregar, colocou a bola para o seu próprio gol.

A resposta do time mineiro veio aos 19 minutos. Depois de cobrança de falta de Mancini, Thiago santos desviou e a bola sobrou para Felipe Amorim. Sozinho, o meia furou cara a cara com o goleiro e desperdiçou grande chance.

Ainda deu tempo de o Bahia colocar uma bola na trave no primeiro tempo. Aos 36 minutos, Bruno paulista rolou para trás e Maxi Biancucchi acertou um chute colocado que explodiu no poste direito do goleiro João Ricardo.

Logo no retorno para a segunda etapa o América-MG perdeu uma chance incrível de empatar a partida. Mancini e Felipe Amorim receberam de frente para o gol, mas se atrapalharam e facilitaram a defesa do goleiro Jean.

A melhor chance, entretanto, aconteceu aos 15 minutos. O lateral Raul subiu ao ataque e arriscou uma bomba de fora da área. O goleiro Jean pulou “apenas para sair na foto” e a bola acertou o travessão.

De tanto insistir, o time mandante conseguiu o empate. Aos 20 minutos, Walber iniciou a jogada pela direita e tocou para Tony, que encontrou Mancini livre dentro da área. O meia chutou forte de pé direito, sem chances de defesa.

O América-MG volta a campo apenas no próximo sábado, às 21 horas, para enfrentar o Luverdense, em Lucas do Rio Verde. Já o Bahia atuará na sexta-feira, contra o Mogi Mirim, em Salvador, às 19h30. Os jogos serão válidos pela segunda rodada.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 1 X 1 BAHIA

AMÉRICA-MG – João Ricardo; Walber, Wesley Matos, Anderson Conceição e Raul; Thiago Santos (Leandro Guerreiro), Diego Lorenzi, Felipe Amorim (Willie), Tony e Mancini; Bruno Sávio (Marcelo Toscano). Técnico – Givanildo de Oliveira.

BAHIA – Jean; Tony (Yuri), Robson, Titi e Patric (Feijão); Bruno Paulista, Pittoni e Tiago Real; Maxi Biancucchi, Kieza (Willians Santana) e Zé Roberto. Técnico – Sérgio Soares.

GOLS – Wesley Matos, contra, aos dez minutos do primeiro tempo; Mancini, aos 20 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Bruno Arleu de Araújo (RJ).

CARTÕES AMARELOS – Anderson Conceição, Leandro Guerreiro, Mancini, Felipe Amorim e Thiago Santos (América-MG); Wilson Pittoni e Willians Santana (Bahia).

RENDA – R$ 31.010,00.

PÚBLICO – 1.541 pagantes.

LOCAL – Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).