O lutador Anderson Silva foi flagrado em novo exame antidoping, desta vez feito no dia da luta contra Nick Dias, no dia 31 de janeiro passado. Este é o segundo exame que dá positivo para substâncias proibidas no esporte, feito no dia 9 de janeiro.

Segundo o site MMA Junkie a Comissão Atlética do Estado de Nevada  ainda não revelou o resultado.

Se o dopping for confirmado as consequências poderão ser ainda mais graves para o lutador brasileiro. Entre as possibilidades está o fim da carreira do lutador, de 39 anos.